X 22bet

Como gerir o dinheiro

Do you feel like you keep screwing up your relationships because of your inability to control your emotions? My question about love and relationship is: how can I learn to control my own feelings and emotions? At the beginning the guys are crazy about me but then soon I am crazy about them and I …

Is Counter-strike Down Right Now?

Is Counter-strike Down Right Now?

Matchmaking servers down cs go Online dating with the half with my matchmaking into a middle-aged woman looking to download counter-strike: go, the server maintenance being down – biome. Once you’ve gotten private rank 2, servers down as it. Edit: go problems for counter strike global offensive cs: currently the warm up. I’ll help, a …

Women Abroad

Women Abroad

I remember chatting with my host sister in her room one night when our conversation turned to the topic of guys, specifically one whom I had recently started dating. She said, ‘If he tells you te quiero, that’s cute, that’s fine If he says te amo, RUN. Motives: Evaluate carefully your motives for entering into …

Dating in Karimnagar

Dating in Karimnagar

Zodiac sign: Cancer. Looking for: man. In age: My name is Naidu. Now I’m looking for new relationships. I want to meet a man, love of my life. Zodiac sign: Pisces.

More stuff

More stuff

Goodman appraises Walsh. So began 40 Days of Dating , a blog documenting each day of the experiment in thorough and visually delightful detail: videos, questionnaires, photographs and text all helped transform the mess of a relationship into beautiful order. It looked great, but the truly compelling thing was the honesty of its contents. Days …

Best russian dating sites

I’m a phd field’s dating, get inspired by probablynotaspam. Upload the uk jugendtreff im: Well, ibs, russian dating site profile pics have asked police for true love what you have casual fun. British movie about russian pics for slavic brides want to ever grace russian women and pics are great props for marriage. Weizenbaum thought …

mark evans instagram

Upload the photo, let us review it and we will upload it within 48 hours, assuming you confirm you have the photographer’s permisson to have it uploaded at eliteprospects. Submit changes incorrect DOB, missing stats, incorrect stats, social media links etc using a web form and we will review your update request within 24 hours …

Best dating apps for 2020

Now with happn, you can find the people you cross paths with, and seize the opportunity! Sign in online Download the application Download the application By registering, you agree to our Terms of Service and our Privacy Policy Download the app now for free: It all starts when you cross paths Whenever you cross paths …

Dating sites in Germany

Your dating guide and list of the best sites to meet your new love from Germany and the rest of Europe! It is generally to be believed meeting a man or woman from Europe, and in particular Germany Deutschland , The Netherlands, Belgium, France, Spain and Italy is a pleasant experience. Germany is regarded as …

Best free online dating site in south africa matching matches

The majority of them are women and children. They arrived exhausted, traumatized and often with signs of malnutrition. A rapid assessment of the refugee population revealed that it was composed mainly of women, children and elderly persons in acute need of assistance, including health services, water and sanitation, shelter and core relief items. Accordingly, UNHCR, …

We are sport mad. We love it! We love it so much we want to share it with you. VIPBoxTV Live collects the best sports streams so you don't need to spend your valuable time looking. Our sport streams are free so you don't need to spend your money. Just sit back and enjoy.

Are you sports mad? Let's see what you know. Find the answers below.

  • Who is the only player to play in a Super Bowl and a World Series?
  • Which NBA team featured the shortest player and tallest player ever at the same time?
  • Which NHL player was famous for tucking his sweater into his pants on the right side?
  • Which sisters have both won Olympic Singles tennis golds?
  • What is the record score at the Masters?

All sports, every game, every stream available here free! There's no need for subscriptions or sign-ups or other annoying things like that. And you can watch vipboxtv streams wherever you are, at home or work or school, because our sport streams work on phones and tablets,too

Deion Sanders won Super Bowl XXIX with the San Francisco 49ers defeating the San Diego Chargers 49-26. The following year he returned to the Super Bowl with the Dallas Cowboys in a 27-17 victory over the Pittsburgh Steelers. In the 1992 World Series he played for the Braves against the Blue Jays.

Muggsy Bogues was the 5'3” point guard for the Washington Bullets in the 1987-88 season playing with the 7'7” Manute Bol.

Wayne Gretzky is the greatest ever hockey player, and he showed that skill from an early age. When he was just 6 years old he played in a league for 10-year-olds but the shirts he was given were much too large. He overcame this by tucking in the sweater on the right side and continued doing so throughout his career.

The Williams sisters of course. Venus won at the 2000 Sydney Olympics and Serena at London in 2012.

In 1997 Tiger Woods finished 18 under par, a lead of 12 strokes over runner-up Tom Kite.

Want to know what's on? See the schedule for all sports games. We have the biggest list of the best streams. Find the event you want to watch and click a link.

Thanks for watching with us on vipboxtv. See you next time!

Crianças aprendem a gerir dinheiro (c/video)

Durante uma semana, a Exposição Educação+ Financeira, esteve patente no concelho da Trofa, para ensinar à população, em geral, a ser mais responsável com as suas finanças.

Chama-se Exposição Educação+ Financeira e “visita”, todas as semanas, uma cidade de um distrito diferente do país. No distrito do Porto, foi a Trofa que a recebeu. O convite, que surgiu há já alguns meses pela Universidade de Aveiro e pela Caixa Geral de Depósitos, foi bem recebida pela Câmara Municipal da Trofa.

Com o intuito de sensibilizar e mobilizar as pessoas, quanto à literacia financeira, para que tenham mais consciência quanto às suas finanças pessoais, os monitores percorrem os 18 distritos do país. Diogo Conceição, um dos monitores, garante que quando abordam as pessoas, relativamente a esta temática, “muitas delas ficam de pé atrás”. E que a intenção desta atividade é fazer com que entendam “o valor do dinheiro e como o devem gerir”.

Esta exposição, que é composta por três módulos, é destinada a crianças dos sete aos 17 anos. O primeiro módulo tem jogos dedicados às crianças do primeiro e segundo ciclo. “Recorremos ao tempo em que não havia dinheiro. Eles jogam às cartas, em que o objetivo é conseguirem juntar os alimentos pedidos, sem terem dinheiro para o comprar. Ou seja, trocando alimentos entre si”, afirmou. Já no segundo módulo, destinado ao terceiro ciclo, as crianças recebem um cartão com objetivos, onde têm que escolher um produto, ao melhor preço, e que corresponda às suas necessidades.

Para que depois o possam comprar, terão que trabalhar, respondendo a várias questões, seja biologia, matemática, português e literacia financeira. Quanto mais dinheiro conseguirem “amealhar”, melhor. “Porque vão comprar o produto, que escolheram no início, e ainda fazer uma poupança”, depositando, no final do jogo, “o dinheiro no banco”. Quanto ao terceiro, e último módulo, é um jogo de computador, destinado aos alunos do secundário e ao público em geral. Trata-se de uma simulação da vida real, onde a pessoa tem que “escolher um avatar (uma personagem) e a partir daí terá que a gerir, como se estivesse na vida real, tendo em conta os contratempos, que vão aparecendo”. “Serve para sensibilizá-los como devem de gerir o seu dinheiro, as suas finanças pessoais”, acrescentou.

Esta atividade tem tido uma recetividade “bastante boa”, pois com o desenvolvimento dos jogos, os participantes ficam “bastante motivados”. Além disso, são entregues uns kits com flyers, para que as crianças continuem a falar desta temática, que é a literacia financeira. Desta forma, há a sensibilização por parte dos monitores, e o tema é “cada vez mais desenvolvido”.

Ana Marques, aluna da EB 2/ 3 Napoleão Sousa Marques, considerou esta iniciativa bastante interessante, em que a palavra de ordem era “poupar, poupar”. “Aquele dinheiro que os nossos pais nos dão, não precisamos de gastar sempre, guardamos e trazemos lanche de casa, como estivemos a ver no filme”, frisou.

A autarquia trofense ficou bastante agradada com o convite feito, há já alguns meses, pela Universidade de Aveiro, pois “vai de encontro ao Orçamento Participativo Jovem (OPJ)”.

Na quarta-feira, dia 18, pelas 21.15 horas, houve uma sessão extraordinária, no novo auditório da Escola Secundária da Trofa, dedicada à comunidade trofense, onde Sérgio Cruz, professor da Universidade de Aveiro, deu uma “explicação sobre o que é a educação financeira e abordou vários conceitos relacionados com o mesmo tema”. “O orador partilhou connosco que, ao longo deste ano e meio que têm percorrido o país com esta exposição, esta foi uma das sessões mais participativas de todo o país, portanto foi com uma enorme satisfação que vimos, ao abrir à comunidade civil, que também está interessada em aprofundar este tema da educação financeira”, confidenciou Teresa Fernandes, vereadora da Educação.

No final, Teresa Fernandes fez um balanço “bastante positivo” desta atividade, pois foi “uma exposição muito interessante, que tenta incutir nos jovens das escolas, o conhecimento pelas questões financeiras: como saber gerir o dinheiro e portanto tomar as decisões certas mediante o dinheiro que têm disponível”.

Esta exposição, que estará na próxima semana na cidade de Coimbra, no ano letivo passado teve cerca de 17 mil participantes. Este ano já conta com cinco mil participações.

Como Gerir Melhor o seu Dinheiro: 7 Dicas Práticas

Quando começamos a investir ou queremos começar a investir a face da mesma moeda é a capacidade de sabermos gerir melhor o nosso dinheiro. Isso não quer dizer poupanças absurdas mas sim consciência real onde gastamos dinheiro de modo a avaliar se cada gasto faz sentido e vale a pena para nós. Neste artigo vamos abordar 7 dicas práticas de como gerir melhor o seu dinheiro.

#1 – Organização da sua gestão de finanças pessoais

Ter uma aplicação de gestão e finanças pessoais, ou um excel, é essencial para se ter uma percepção maior dos nossos gastos. Ao apontarmos as nossas despesas conseguimos verificar em concreto todas as nossas despesas e as categorias das mesmas e fazer uma análise mais aprofundada dos valores, gerir melhor o seu dinheiro e até mesmo tomar decisões mais assertivas com essa análise.

Se não tem nenhuma app gratuita onde faça a sua gestão de finanças pessoais consulte o meu artigo sobre a app que eu uso desde 2017 completamente gratuita e super prática aqui:

#2 – Defina o valor da sua poupança mensal

Após analisarmos os nossos gastos mensais com a nossa app de finanças pessoais, conseguimos perceber o valor que restou cada mês – a nossa poupança. Automaticamente conseguimos fazer um cálculo, que na minha opinião é super prático, que é a percentagem de poupança que fazemos por mês. Se essa percentagem for abaixo dos 10% entramos numa zona de perigo, pois em vários artigos e livros diz-se que a poupança de 10% ou mais contribui para nós conseguirmos gerir de forma harmoniosa o nosso capital.

Como por exemplo, colocar parte desse valor num fundo de emergência e investir o resto. Ou até mesmo existir uma emergência nesse mês e termos esses 10% para suportar isso. Analise a sua percentagem e mantenha essa prática mensalmente.

#3 – Aplique estratégias para poupar dinheiro

Existem variadíssimas estratégias para poupar dinheiro. Algumas delas passam por aplicar estratégias na ida às compras, ter um mealheiro, ter diferentes contas bancárias, aplicar alguns desafios para conseguir poupar dinheiro. O importante é comprometermos com algo e seguir esse plano. Há estratégias mensais, semanais, diárias e que num simples mês consegue ver logo a diferença. O objetivo não é existir um enorme sacrifício ou ser penoso aplicar algumas formulas, mas sim adapta-las ao seu estilo de vida.

Alguns artigos com algumas estratégias que já referenciei no blog:

4 – Utilize a modalidade de Cashback

Se tiver algum cartão de débito ou crédito com cashback é sempre útil se o utilizar para despesas gerais, ou seja, qualquer despesa que tenha sempre ao longo do tempo, como por exemplo, gasolina, supermercado, restauração. O motivo é simples: esse cartão de cashback irá sempre devolver uma percentagem dos pagamentos feitos no cartão. E dinheiro que volta é sempre dinheiro bem vindo!

Exemplo:
Por mês tem um gasto em despesas gerais de 500€.
500 x 12 meses = 6000€.
Se tiver 1% de cashback isso dá o valor de: 6000 x 0.01 = 60€.

Num ano consegue obter de volta 60€. Muito ou pouco, é dinheiro e deverá ser bem vindo. 🙂

Eu já fiz um artigo sobre o N26 que tem um cartão que dá 0.01% de cashback e não há qualquer comissões associadas ao cartão. É uma conta bancária online e que já me trouxe vários benefícios.

5 – Opte por diferentes tipos de investimento

Ter diferentes tipos de investimento lembra a frase “Dividir para reinar”. A verdade é que aplicar a diversificação nos nossos investimentos parece ser a chave de ouro na relação risco/benefício. Se apostarmos todo o nosso dinheiro em 1 só investimento a probabilidade de sucesso baixa e o risco aumenta, pois basta que aconteça algo grave e podemos perder todo o nosso investimento aplicado. Se decidirmos aplicar em diferentes alternativas , teremos diferentes fontes de rendimento e o risco baixa, pois se algo acontecer a um tipo de investimento os restantes estão la para “absorver” esse embate.

  • Ações;
  • Ações que geram dividendos;
  • ETFs;
  • REITs;
  • P2P lending;
  • Imobiliário;
  • Etc.

Investigue sobre cada uma delas e veja qual a melhor opção para si. Cada uma delas tem os seus riscos e os seus beneficios, mas todas geram mais taxas de juro ou futuros rendimentos que as contas poupança dos bancos.

Atualmente eu tenho investimentos nas seguintes plataformas:

  • Degiro;
  • Mintos;
  • Bondora;
  • Trading212;
  • Revolut;
  • ViaInvest

Alguns artigos sobre diferentes tipos de investimento:

6 – Estabeleça metas/objetivos financeiros

Muito importante este passo. É com ele que conseguirá ter sucesso nas suas poupanças e investimentos. Trace os seus objetivos mensais e anuais. Tente nunca traçar apenas objetivos anuais, mas sim, divida por diferentes alturas do ano. Mensal, trimestral, e meio ano. É mais próximo, mais atingivel e provoca-nos logo o alarme de tentar atingir a meta.

#7 – Recompense a si próprio quando cumprir os seus objetivos

Se trabalhamos e no final do mês recebemos o nosso ordenado, porque não quando criamos um objetivo financeiro não ter direito a uma recompensa por isso?

Quando escreve o seu objetivo trace também a recompensa. Pode ser um jantar fora, passar um fim de semana num local que goste, desde que tenha em mente que irá usar o dinheiro que poupou e por isso evite gastá-lo todo. 😀
Mas crie algo que gosta, vai saber sempre melhor ter a consciência que foi com um objetivo que traçou e conquistou que está a fazê-lo usufruir dessa recompensa.

Estes são os passos que o fará gerir melhor o seu dinheiro de forma simples e prática. Espero que tenha gostado.

HC Investimentos

Minicurso HC

Eu costumo receber muito essa pergunta no meu dia-a-dia.

A administração financeira pessoal é um dos assuntos mais importantes que você pode estudar.

Vá por mim: com o conhecimento correto de como administrar o seu dinheiro, você terá uma vida muito melhor!

Porque através da organização financeira você conseguirá viver uma vida muito mais tranquila, plena e com menos preocupações.

Por isso, não poderíamos deixar este tema de fora do HC Investimentos.

Assim, eu juntei 10 poderosas dicas sobre administração de finanças pessoais para compartilhar com você, neste artigo.

Ao longo dos próximos parágrafos, você aprenderá pontos como…

Então continue lendo este artigo e tenha acesso a todo este conhecimento.

Ah, é claro: antes de entrar na parte prática deste post, preciso lembrar você que, nesta semana, eu estou promovendo o 1º Workshop Sobre Alocação de Ativos do Brasil.

Não perca esta oportunidade de participar e assistir estas aulas valiosíssimas!

DICA #1 – SAIA DO VERMELHO

A primeira dica de administração financeira pessoal é se livrar das dívidas.

Mas sim àquelas mais onerosas: a do cartão de crédito, o cheque especial, qualquer tipo de crédito consignado e aí por diante.

Exclua, desta regra, as dívidas para financiamento imobiliário. Estas possuem um perfil bem diferente, com uma taxa de juros bem reduzida. Além disso, são necessárias em muitos casos.

Simples: promovendo uma verdadeira guerra às dívidas.

Aprenda quais são as melhores maneiras de como juntar dinheiro rápido e faça o que for necessário para isso.

Venda bens, tente encontrar uma nova fonte de renda, pare de gastar dinheiro com as coisas que não são absolutamente necessárias e aí por diante…

Assista a este vídeo abaixo para conhecer algumas boas estratégias de como juntar dinheiro rápido:

DICA #2 – GASTE MENOS DO QUE VOCÊ GANHA

De nada adianta seguir a primeira dica, se você tiver o hábito de gastar mais do que ganha.

Porque desta forma, com o tempo, você acabará contraindo novas dívidas.

Aqui, não existe segredo: se você não consegue gastar menos do que ganha, então você precisa reduzir o seu padrão de vida.

Adote hábitos frugais, faça menos programas caros e aí por diante.

Se você não seguir esta dica ao pé da letra, pode ter certeza que jamais conseguirá administrar o seu dinheiro da forma mais adequada.

DICA #3 – ANOTE TODOS OS SEUS GASTOS

Essa aqui certamente vai tirar você da zona de conforto.

Se você almeja o sucesso financeiro, esta dica vai lhe ajudar muito.

Ao criar o hábito de anotar todos os seus gastos , você conseguirá analisar para onde o seu dinheiro está indo!

Com ela em mãos, você poderá analisar oportunidades de como economizar dinheiro sem reduzir a qualidade de vida.

E tenha certeza: existem muitas formas de fazer isso.

Perceba que esta dica complementa muito bem a dica número 2 🙂

DICA #4 – CRIE UMA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Assim que você começar a juntar as primeiras centenas de reais, você precisa criar sua reserva de emergência.

Uma reserva de emergência (ou reserva financeira) é um valor financeiro que é destinado exclusivamente para que você possa lidar com gastos emergenciais, daqueles que surgem do nada e não são previstos.

Esta reserva serve para lhe dar estabilidade financeira necessária para uma reorganização de vida, caso algo muito grave e imprevisível aconteça.

  • Perda de emprego
  • Reparos do carro
  • Reparos da casa
  • Dificuldades financeiras ao gerir um negócio próprio

O tamanho desta reserva deve ser baseado na sua despesa média mensal (viu como a dica #3 é importante?).

Acredito que ela não deva ser menor do que o equivalente a 3 meses de despesas.

Nem maior do que o equivalente a 12 meses de despesas.

Este valor, entre 3 e 12, deve variar de acordo com as suas características próprias.

Se você é um empreendedor nato , sem qualquer previsibilidade de fluxo de caixa, opte por uma reserva maior; algo mais próximo a 12 meses.

Agora, se você é um funcionário (público ou privado), com certa estabilidade, talvez você não precise de uma reserva tão grande.

O que importa aqui é que ela nunca seja menor do que 3 meses, tampouco maior do que 12 meses.

DICA #5 – CRIE OBJETIVOS FINANCEIROS

Criada a sua reserva de emergência, você estará apto a começar a investir para o longo prazo.

E a melhor maneira de fazer isso com sucesso é com a criação de objetivos financeiros.

Aliás, esta dica é o pré-requisito para que você aplique corretamente a fórmula 15+ de investimentos, que eu explico bem neste vídeo do workshop de alocação de ativos.

Simples: comece pensando nos seus principais planos e objetivos futuros.

Em seguida, anote quais são estes objetivos (em ordem de prioridade) e determine um prazo médio para sua conquista.

Saiba quanto custaria a conquista de cada um desses objetivos.

DICA #6 – APRENDA A INVESTIR O SEU DINHEIRO

  • Contratar um consultor financeiro que você confie
  • Aprender a investir por conta própria

Apesar de eu, Ramiro, ser homologado pela CVM a prestar o serviço de gestão de carteiras de valores mobiliários e, assim, ser automaticamente liberado para prestar o serviço de consultoria, recomendo que você siga o segundo passo.

Porque é muito difícil de você conhecer algum consultor em quem você possa realmente confiar.

Mas talvez você não me conheça direito e não queira depender da minha visão sobre investimentos para administrar o seu dinheiro.

Isso eu tentei ensinar em outros posts do HC Investimentos, como neste sobre a melhor estratégia de investimentos que existe.

A questão é que ter o conhecimento de como investir – ou seja, de como fazer uma boa alocação de ativos – é essencial para a sua vida financeira.

Por isso eu recomendo, mais uma vez, que você assista ao Workshop de Alocação de Ativos, que vai ficar no ar apenas até o dia 03 de abril.

DICA #7 – INVISTA DE ACORDO COM OS SEUS OBJETIVOS

O investimento com base em objetivos financeiros é um dos pilares da estratégia de alocação de ativos.

Por isso que você deve seguir bem as dicas que antecedem esta.

Independentemente do que você achar delas, pode ter certeza: investir com objetivos claros é o melhor caminho para ter sucesso financeiro.

DICA #8 – SEMPRE PENSE EM VALORES REAIS (ACIMA DA INFLAÇÃO)

Você já percebeu que o preço de praticamente tudo costuma subir com o tempo?

Isso é o resultado do efeito da inflação nas nossas vidas.

O aumento geral no nível dos preços, ou simplesmente a inflação, é medido pelos índices IPCA e IGPM.

Eu sei. Talvez agora você esteja pensando em algo como:

“Mas o que a inflação tem a ver com dicas para que eu consiga administrar o meu dinheiro?”

No processo de gestão do seu patrimônio, você deve sempre levar em conta a inflação de cada período.

Você precisa considerar sempre o retorno de seus investimentos como aquilo que excede a inflação.

Isso é o que chamamos de retorno real do investimento.

De nada adianta ter um retorno de seus investimentos de 11% num ano em que a inflação foi de 10,67%.

Por outro lado, um retorno de 7% de seus investimentos num ano em que a inflação foi de 1% é bem bacana!

Ou seja: jamais volte a pensar em termos nominais. Considere sempre o retorno real das aplicações.

DICA #9 – CONHEÇA E APLIQUE A REGRA DOS 72

“Juros compostos é a oitava maravilha do mundo. Aqueles que entenderem seu funcionamento, o recebem. Aqueles que não entenderem, o pagam.”

A regra dos 72 é muito boa para que você entenda o poder dos juros compostos.

Com ela, você descobrirá, com facilidade, qual é o prazo em que o seu investimento levará para dobrar de valor.

Simples: dividindo 72 pela taxa de juros da aplicação.

Se você consegue investir hoje num título prefixado que ofereça retorno de 16% ao ano (hipótese meramente ilustrativa), quanto tempo levará para dobrar o seu capital aplicado neste título?

Mas lembre-se: neste caso, especificamente, estamos trabalhando com um valor nominal.

Não faz muito que eu disse para você sempre considerar o retorno real das suas aplicações.

Simplesmente utilizar a regra dos 72 considerando como “taxa” a taxa de investimento acima da inflação.

Se você acha, por exemplo, que consegue investir a uma média de 6% de rentabilidade anual acima da inflação, consistentemente, aplique a regra dos 72 com 6%.

O resultado seria 12 anos para dobrar o seu capital investido 🙂

DICA #10 – INVISTA EM CONHECIMENTO

“Investir em conhecimento rende sempre os melhores juros”

Você sabe qual é o melhor investimento do mundo?

Independentemente da sua condição financeira, do seu perfil de tolerância ao risco ou de qualquer outra coisa.

Vá por mim: este é o melhor investimento que você pode fazer na sua vida.

Portanto, crie o hábito de investir em você mesmo. Crie o hábito de investir em conhecimento!

Procurando descobrir quais são os melhores livros sobre finanças e livros sobre investimentos , indo atrás dos melhores blogs da área e, é claro, realizando bons cursos de investimentos.

Por isso, convido mais uma vez você a conhecer o workshop sobre alocação de ativos, que estou desenvolvendo em parceria com o Henrique Carvalho.

Não perca esta oportunidade única de investir em conhecimento!

CONCLUSÃO

Espero que eu tenha tirado todas as suas dúvidas sobre como administrar o seu dinheiro.

Tenho certeza que, neste artigo, há pelo menos algumas boas dicas que você pode aplicar na sua vida.

Espero que, com a minha redação, eu tenha gerado, em você, este sentimento de que é possível, sim, organizar e administrar o seu dinheiro da melhor forma possível.

Como gerir o dinheiro

A culpa não é nossa, nós somos apenas humanos. Mas, porque somos humanos, estamos condenados a tomar algumas decisões, digamos, menos ótimas. Nós, humanos, sofremos de vieses sistemáticos – tal como os psicólogos já o provaram, uma e outra vez – que se atravessam no caminho das nossas melhores intenções. O dinheiro é um exemplo paradigmático.

Em muitos países, os governos inspiraram-se nas finanças comportamentais e académicos como o galardoado com o Prémio Nobel, Richard Thaler, para ajudar os seus cidadãos a tomarem melhores decisões financeiras com ações que contrariam os seus vieses inerentes, os chamados “empurrões”. Um exemplo comum são os planos de poupança reforma com inscrição automática ou planos opt-out, que comprovadamente aumentam o número de pessoas que poupam para a sua reforma, em comparação com planos opt-in.

Estes “empurrões” não cobrem, obviamente, a gama completa de decisões financeiras que a maioria das pessoas tem que tomar. Mesmo se nos considerássemos especialistas em finanças pessoais, a maioria de nós teria algo a aprender com a psicologia e as finanças comportamentais sobre como gerir melhor o nosso dinheiro. Em primeiro lugar, segundo Stephan Meier, professor na Columbia Business School, a maioria das pessoas “não sabe, na verdade, o que está no seu melhor interesse”. Ou simplesmente não agem no seu melhor interesse.

As pessoas tendem a dar demasiado valor ao presente quando estão a planear o futuro. Isto leva àquilo a que os economistas chamam inconsistência dinâmica.

O famoso teste da alteia (marshmallow), levado a cabo nos anos 70 por Walter Mischel da Stanford University, é um exemplo perfeito. A uma criança é oferecida uma alteia e é-lhe dito que, se esperarem um pouco, um adulto regressará e oferecer-lhe-á outra. Embora seja no seu melhor interesse aguardar e receber duas deliciosas alteias, muitas crianças, quando deixadas sozinhas, sentem grandes dificuldades em fazê-lo e acabam por comer a alteia antes que ao adulto regresse. (Existem dezenas de vídeos com crianças a tentar resistir à tentação.)

Os adultos sentem a mesma dificuldade, no que é chamado o Viés do Presente. Se agíssemos racionalmente e otimizássemos o nosso nível máximo de utilidade (tal como a maioria dos modelos económicos assume que o fazemos), as decisões que tomamos não deveriam depender da altura em que as tomamos. Embora desejemos planear o futuro, poupando mais, por exemplo, podermos ficar inquietos e pedir emprestado e gastar mais. “Poupamos mais amanhã”, prometemos a nós próprios.

Pesquisa levada a cabo por Stephan Meyer da Columbia Business School demonstra que o viés do presente pode conduzir a, entre outras coisas, dívidas no cartão de crédito mais elevadas e taxas de incumprimento no crédito à habitação mais elevadas. Num paper de 2010, com Charles Sprenger, Meyer conclui que as pessoas enviesadas para o presente tinham, em média, uma dívida de 1565 dólares nos seus cartões de crédito contra apenas 776 dólares nas pessoas não enviesadas.

Planeador versus Fazedor

O viés do presente levanta o problema do autocontrolo, uma questão irritante na tomada de decisões financeiras. A luta interna entre tomar uma decisão sensata para o futuro ou escolher algo que nos oferece gratificação instantânea é aquilo a que Thaler chama o “eu planeador” e o “eu fazedor”. Embora pareça óbvio, não devemos encarar isto de ânimo leve. “A maioria de nós tem consciência de que temos problemas com o autocontrolo, mas subestimamos a sua severidade”, escreve Thaler em Misbehaving: The Making of Behavioral Economics. “Nós somos ingénuos quanto ao nosso nível de sofisticação”.

Embora isto seja um “defeito”, pode ser mitigado através do aproveitamento de outro viés humano. Se o nosso “eu fazedor” está no comando a maior parte do tempo, então o nosso “eu planeador” precisa de remover as escolhas que encorajam as decisões de curto prazo (isto vai contra a teoria económica que diz que quanto mais escolhas, melhor. O “eu planeador” pode fazer isto separando o dinheiro em potes diferentes que têm propósitos diferentes: por outras palavras, um orçamento.

Isto é o que Thaler chama contabilidade mental. Em termos económicos, não faz sentido porque o dinheiro é fungível. Se o dinheiro no pote marcado entretenimento acaba, basta ir buscar mais ao pote das mercearias. Mas, graças às armadilhas mentais humanas, a contabilidade mental funciona. Assim, o dinheiro das mercearias não será gasto e passaremos a noite da próxima sexta-feira em casa.

Confusão

Muito simplesmente, as pessoas estão confusas. Não compreendem os detalhes dos produtos financeiros. Como poderiam? Estes produtos são cada vez mais complexos, com documentação obscura que exige uma licenciatura em direito para a decifrar. A imensa variedade de taxas, condições e comissões fazem do mercado do crédito à habitação um campo de minas.

A iliteracia financeira faz com que as empresas possam ganhar à nossa custa. Os mercados de crédito são uma área onde os consumidores são particularmente suscetíveis a erros, em parte devido à complexidade dos custos, mas também devido ao impacto das decisões intertemporais (as decisões tomadas hoje afetam as opções disponíveis no futuro) e da falta de incentivos que as empresas têm para educar os seus consumidores.

Em resumo, não seja excessivamente confiante. Geralmente, vale a pena procurar conselhos especializados.

Uma das observações chave nas finanças comportamentais é a aversão à perda. As pessoas sentem a perda duas vezes mais intensamente do que um ganho equivalente. Por outras palavras, fazemos muito mais esforço para não perder 100 dólares do que para ganhar os mesmos 100 dólares. Isto pode ser prejudicial quando investimos.

Um conceito relacionado, chamado ancoramento, exacerba o problema. Quando vendemos algo, o nosso ponto de referência é provavelmente o preço que pagamos pelo produto e a nossa mente está ancorada nesse preço. Mesmo que o produto valha muito menos, poderemos não vendê-lo porque estamos ancorados o preço de compra e queremos evitar o sentimento de perda. Com as ações, por exemplo, podermos não vender a determinado preço porque já vimos a ação a transacionar a um preço bastante superior. Pior ainda, a aversão à perda pode levar as pessoas a correr enormes riscos para recuperarem perdas, mesmo que isso possa gerar perdas ainda mais significativas. É por isto que muitos traders acabam por comprar caro e vender barato.

Mesmo tendo consciência destes vieses, iremos continuar a cometer os mesmos erros. Os vieses sistemáticos são extremamente difíceis de superar porque eles fazem parte da natureza humana.

No que diz respeito a gerir dinheiro, somos frequentemente os nossos piores inimigos.

Edenred Portugal

Euroticket+: Mais por todos!

Conheça o nosso programa de apoio aos restaurantes portugueses

Há mais de 30 anos a apoiar as empresas Portuguesas no reforço e implementação de políticas de Benefícios Sociais e a promover o bem-estar e o aumento do poder de compra dos seus colaboradores, a Edenred é atualmente líder em Portugal, no mercado de cartões refeição, com a maior rede de restauração do País.

Na área de Educação, a Edenred Portugal tem potenciado uma política real de apoio às famílias dos colaboradores através da disponibilização do Euroticket Creche®, do Euroticket Estudante® e do Euroticket Formação®.

São já mais de 15.000 as empresas clientes e mais 500.000 utilizadores, que, diariamente, vêm o seu poder de compra aumentar perante uma rede credenciada de mais de 35.000 estabelecimentos parceiros.

Rede Credenciada

A Rede Euroticket conta com cerca de 25.000 estabelecimentos parceiros e é atualmente a maior rede de restauração do País

Apoio Dedicado

Através de um conjunto de serviços exclusivos e diferenciadores, a Edenred Portugal promove o conforto e a simplicidade na gestão diária dos seus produtos

Líder de Mercado

A Edenred Portugal conta com a confiança de mais de 14.000 empresas clientes em Portugal, e é há várias décadas líder no mercado de cartões refeição

200€/Ano

1 colaborador que recebe o subsidio de refeição através do Euroticket Refeição, no final do ano recebe cerca de 200€, quando comparado com um colega que recebe o mesmo valor do subsídio em dinheiro

+3 Almoços

Com o cartão Euroticket Refeição, todos os meses pode fazer cerca de +3 refeições, quando comparado com um colega que recebe o mesmo valor do subsídio em dinheiro

+300€/Ano

Em média, 1 colaborador que recebe o subsidio de refeição através do Euroticket Refeição e utilize o desconto da Repsol, no final do ano poupa cerca de 300€ em combustível

Histórias de Sucesso Edenred

Em 2017, a TAP implementou o cartão Euroticket Refeição® com a Edenred fazendo repercutir as vantagens fiscais e sociais inerentes a este benefício para os seus colaboradores. Para o sucesso desta parceria, têm contribuído, a flexibilidade e o profissionalismo demonstrados pela Edenred, a par da capacidade de adaptação às necessidades de uma empresa com a dimensão da TAP (. )

Luísa Pessoa People Operations - Outsystems

(…) Para uma empresa como nós (…) que tem um ano e meio, em que a própria área de recursos humanos está ainda a definir-se, a procurar um rumo e com a mudança de carreira de algumas pessoas foi sobretudo no portal Loja Online que encontrámos uma ferramenta que nos fez poupar tempo. Adianta-nos muita informação que temos de saber rapidamente. (…) Neste momento não utilizamos o e-mail, a não ser para situações pontuais (…).

Carlos Cardoso HR Administrative Management Officer - Webhelp

A plataforma disponibilizada pela Edenred permite-nos, de uma forma fácil, rápida, segura e transparente, utilizar todos os seus serviços, estando claramente focada na comodidade e satisfação do cliente. Atual, eficiente e segura, representa benefício máximo ao utilizador e excelência no setor.

Diogo Pedreira Payroll Manager - Kapainvest

Desde a nossa fundação que primamos pela formação integral dos nossos alunos, através de um ensino de qualidade e exigência. Selecionamos criteriosamente os nossos parceiros em prol do bem-estar e satisfação das famílias. Esta parceria surgiu com base neste pressuposto. Ao associarmo-nos à Edenred estamos consequentemente a aumentar a satisfação das famílias.

Mário Guimarães Conselho Administração-Recursos Humanos, Colégio Sagrado Coração de Maria

A nossa escola prima por um ensino personalizado e estimulante, assegurado por uma equipa pedagógica apaixonada e experiente, que encoraja a criatividade e motivação dos alunos que formamos. É essa mesma experiência e empenho que procuramos nos nossos parceiros para que possamos responder em pleno às necessidades de todas a famílias que nos procuram. A Edenred revelou, desde o início, reger-se por esses princípios, facto que tornou a colaboração com a Redbridge Primary School natural e que, desde que começámos esta colaboração, tem contribuído para o aumento do bem-estar das famílias que integram a nossa comunidade escolar.

Hélène Dubourdieu Cofundadora-Diretora da Redbridge School

A WOOK é a maior livraria online portuguesa e a preferida para a aquisição de livros e manuais escolares, graças ao serviço cómodo, eficaz e seguro que oferece e, também, a parcerias como a que tem com a Edenred. Com a Edenred, os nossos clientes beneficiam de condições vantajosas ao adquirem os manuais escolares através do Euroticket Estudante e Formação. Ter uma parceria com a líder e especialista em benefícios sociais permite à WOOK diferenciar-se da concorrência e, sobretudo, contribuir para que os nossos clientes tenham mais poder de compra. E quando assim é, todos ganham.

Ocupe-se de si mesmo: como gerir seu patrimônio da melhor forma

Algo só traz segurança de verdade se permitir a você ausência completa das preocupações para lidar mais com os próprios anseios e problemas.

Já falei bastante por aqui sobre os riscos que devem assombrar os investidores nos próximos meses e anos.

Em resposta, recebi a seguinte mensagem de um leitor: “gostei do destaque que deu aos riscos. Gostaria que escrevesse sobre segurança, se é que ela existe.”

É, talvez eu tenha pesado um pouco nos comentários e passado a impressão de que não há muito para onde fugir.

Por isso, hoje vou falar sobre o tema sugerido pelo leitor: “segurança”.

Aproveito para adiantar que, na minha opinião, não existe segurança no mercado financeiro. Nem no Brasil, nem em lugar algum do mundo.

E calma, não há razão para desespero: você já vai entender o que quero dizer.

O mito da “Segurança”

“Segurança” tem origem no latim e basicamente significa “ausência de preocupações”. Na etimologia da palavra, por sua vez, traz o sentido de “ocupar-se de si mesmo”.

O que quero dizer: algo só traz segurança de verdade se permitir a você ausência completa das preocupações para lidar mais com os próprios anseios e problemas.

E isso está longe de ser uma realidade no mercado financeiro, independentemente se você investe de forma sofisticada e profissional ou se ainda deixa o dinheiro parado no banco.

Quem usou do poder do voto, pela primeira vez em quase 30 anos, para eleger o “bonitão” Fernando Collor de Mello, em 1989, sabe muito bem disso.

  • Leia Mais: Lançamento do livro “30 Lições do Mercado” de Ivan Sant’Anna. Esta é uma leitura obrigatória para qualquer nível de investidor, basta clicar aqui.

Ninguém poderia sonhar que, logo em seu segundo dia de mandato, chamaria uma coletiva no auditório do Ministério da Fazenda para anunciar um dos planos econômicos mais desastrosos da história do Brasil, de confisco da poupança.

Pois é, se você deixa todo o seu dinheiro parado na poupança achando estar “seguro(a)”, desculpe, mas você não poderia estar mais enganado(a).

Mesmo os investimentos tidos, em tese, como mais seguros, como os títulos públicos, carregam consigo riscos.

O que quero dizer, portanto, é que não é uma questão de buscar ativos que lhe deixe 100% seguro(a), é uma questão de equilibrar os riscos de forma inteligente.

Felizmente, existem formas perspicazes de conviver com os riscos ao investir.

Lição nº 1: pense no seu patrimônio como uma holding

Pense naquele primo, amigo ou vizinho que se deu bem na vida.

Não é difícil achar exemplos de pessoas que investiram capital e tempo em um negócio que sabiam fazer bem e que, com o passar do tempo, passaram a incorporar outros investimentos.

Começou com uma padaria, comprou um posto de gasolina, uma franquia em shopping center e por aí vai.

No final do dia, a conta que as pessoas fazem é quanto investir em cada negócio, com objetivo de maximizar o seu lucro, levando em consideração uma série de coisas, tais como as perspectivas do setor, barreiras regulatórias, escalabilidade, relacionamento com clientes e fornecedores, enfim, todos os riscos potenciais.

No mundo dos investimentos, não há estritamente nenhuma diferença nesse sentido, amplia-se apenas o espectro de instrumentos: ações, renda fixa (títulos públicos e privados), derivativos, fundos imobiliários, ETFs, e por aí vai.

Eu, particularmente, gosto muito de trabalhar com uma combinação entre ações de empresas boas pagadoras de dividendos, fundos imobiliários bem geridos e com exposição setorial com potenciais seculares de crescimento, e títulos de renda fixa.

Gosto porque acredito que focar estrategicamente em bons negócios, com fluxo de caixa frequente para você, faz a diferença no longo prazo, além de te proteger bem em qualquer crise.

Ainda assim, você vai precisar se acostumar a não consultar o seu extrato financeiro todos os dias.

Lição nº 2: ninguém precifica o valor de uma holding todos os dias

Uma lição valiosa que espero que você tire desta discussão é que fixar-se às variações de curto prazo pode ser perigoso no seu processo de construção patrimonial.

Você acha mesmo que um grande empresário acorda cedo todos os dias e tenta avaliar o valor das várias empresas? Nem teria como, tamanha a complexidade.

Então qual a razão para criarmos o hábito de abrir o extrato financeiro todos os dias? Se você faz isso é porque provavelmente não está confortável com os seus investimentos.

Lição nº 3: há sempre uma alternativa, portanto, corra atrás!

Não acredite nesse papo de que não existem alternativas. Há sempre uma alternativa, você só não pode ficar parado(a).

"Não temos mais alternativas. O Brasil não aceita mais derrotas. Agora, é vencer ou vencer”, disse Fernando Collor quando o confisco foi anunciado.

Como diria o brilhante economista Milton Friedman: “nada é tão permanente quanto um programa temporário do governo”.

Portanto, caro leitor, mexa-se para poder ocupar-se mais de si mesmo!

No próximo dia 16 de julho te convido a assistir minha série gratuita de 3 vídeos, em que vou falar sobre como viver em plena ascensão. Te espero lá!

Perguntas e Respostas

+
✅ Nem teria como, tamanha a complexidade.
+
✅ Se você faz isso é porque provavelmente não está confortável com os seus investimentos.


Publicar comentário
Procurar


Para você
Artigos sobre o tema Apostas online
27-03-2021
Como se joga hóquei no gelo?
Como se joga hóquei no gelo?

Assim como no futebol, o que importa é bola na rede: quem faz mais gols, vence...

29-04-2021
Apostas desportivas: asiáticos gastam 10,6 mil milhões no futebol português
Apostas desportivas: asiáticos gastam 10,6 mil milhões no futebol português

Os asiáticos gastaram 10,6 mil milhões de euros em apostas online nas competições portuguesas de futebol durante a temporada de 2018-2019, de acordo com os dados da multinacional Sportradar...