X 22bet

Eventos do placar

A NBA anunciou nesta quinta-feira (18/2) que os eventos do All-Star Game serão realizados no em 7 de março, na State Farm Arena, em Atlanta, casa dos Hawks. A celebração da liga americana de basquete será realizada em apenas uma noite pela primeira vez na história por causa da pandemia do coronavírus.

Como parte dos eventos deste ano, a NBA e a Associação de Jogadores Profissionais de Basquete (NBPA, na sigla em inglês) anunciaram um compromisso de doação de mais de US$ 2,5 milhões (R$ 13,6 milhões) em recursos para faculdades e universidades ligadas à cultura da comunidade negra e para apoiar iniciativas sobre equidade e conscientização sobre cuidados e vacina em combate à covid-19.

“O All-Star em Atlanta dá sequência na tradição anual de celebrarmos o jogo e os grandes jogadores de todo o mundo diante do público do mundo inteiro. Além da festa em quadra, o All-Star Game honrará o papel vital que as entidades de ensino ligadas à cultura da comunidade negra desempenham em nossas comunidades e concentrará também atenção e recursos no combate à pandemia da covid-19, especialmente para os mais vulneráveis”, afirmou o comissário da NBA, Adam Silver.

Mais sobre o assunto

A noite começará com o Torneio de Habilidades, seguido pelo Torneio de 3 Pontos. Na sequência, às 22h, começa o All-Star Game, com o Torneio de Enterradas sendo disputado no intervalo. O jogo seguirá o mesmo formato do ano passado, tendo as equipes se enfrentando pela vitória em cada quarto e com um placar alvo definido para o último período.

As escalações para serão definidas pelo NBA All-Star Draft, quando os dois capitães das equipes vão escolher seus companheiros em um grupo de jogadores votados como titulares e reservas de cada conferência, podendo selecionar os atletas sem obedecer à respectiva conferência. Os capitães são os titulares de cada conferência mais votados pelos fãs em cada conferência.

Para o All-Star de 2021, NBA e NBPA estabeleceram medidas adicionais aos protocolos de segurança e saúde da liga. Isso inclui viagens privadas de ida e volta para Atlanta, a criação de um ambiente “mini bolha” baseado em hotel único para atletas e técnicos, além de testes mais completos de PCR. Para o bem-estar e segurança da comunidade de Atlanta, não haverá atividades para fãs, venda de ingressos ou eventos de hospitalidade.

A realização da festividade em meio à pandemia foi bastante criticado por LeBron James, astro do Los Angeles Lakers. “É como uma bofetada na cara”, afirmou o jogador. Outros atletas, no entanto, defenderam a realização do All-Star Game.

O bom uso do placar promocional

O bom uso do placar promocional

Quem chega ao Sabugal pela estrada da Guarda, encontra, logo a seguir ao cruzamento das Quintas de São Bartolomeu, um painel publicitário da Câmara Municipal que é o exemplo acabado da má utilização desse instrumento promocional.

" data-medium-file="" data-large-file="" src="" alt="Um outdoor inútil" /> Um outdoor inútil

A promoção de um território, chamando a atenção para as suas potencialidades, monumentos, paisagens, tradições e eventos, pode e deve recorrer aos meios publicitários comuns. É muito usual as câmaras municipais usarem os outdoors, ou placares gigantes, em locais estratégicos para chamarem a tenção das pessoas.

No Sabugal o uso de outdoors vem de há muito tempo, sendo particularmente importantes os que bordejam as vias rodoviárias.

Porém, os outdoors requerem cuidados de concepção e utilização que não devem ser descurados e é crucial que estejam actualizados e em bom estado de conservação, para que se mantenham apelativos.

Existe um outdoor no concelho do Sabugal, que é o exemplo acabado do péssimo uso desse instrumento promocional. Falamos do placar que está ao redor da estrada que vem da Guarda, do lado direito, logo a seguir à pequena ponte da ribeira da Paiã – por vezes designada «ponte nova».

O cartaz gigante está colocado sobre a curva, a poucos metros da ponte, e pretende chamar a atenção do automobilista para os bons serviços que o concelho do Sabugal presta aos idosos.

Desbotado e sem contraste (está ali há demasiado tempo), o cartaz transmite uma mensagem interessante, mas demasiado longa para que o automobilista a possa ler e interpretar. Só se imobilizar a viatura junto ao rail metálico o conseguirá fazer.

A verdade é que aquele e outros outdoors que existem no concelho são inúteis, porque estão mal posicionados e foram pessimamente concebidos, com imagens e mensagens pouco ou nada apelativas, sem contraste e outros atributos que devem conter. O cartaz de que vimos falando é revelador do mau uso daquele instrumento promocional.

Algumas dicas para a elaboração e uso de um bom outdoor

– Comunicar apenas o fundamental e em pouquíssimas palavras (o tempo de leitura do outdoor é muito curto) – os especialistas dizem que um bom e apelativo texto de outdoor não deve conter mais do que sete palavras.

– Colocar uma imagem apelativa, dentro da lógica de que “uma imagem vale mais que mil palavras”.

– Não fazer do outdoor uma peça explicativa, comunicando várias coisas ao mesmo tempo.

– Deve ser colocado em local que chame a atenção do transeunte e lhe dê tempo para se inteirar da sua mensagem.

– O contraste de cores é essencial para se tornar apelativo e de fácil leitura.

Pululam por aí inúmeras firmas que concebem e produzem cartazes para todos os gostos, muitas delas recorrendo a bons criativos, mas a Câmara do Sabugal tem certamente nos seus quadros pessoas com conhecimentos nesta área que devem ser chamadas a pronunciar-se para que a promoção do concelho por esta via seja melhor conseguida.

:: ::
«Contraponto», opinião de Paulo Leitão Batista

Voto de Alexandre de Moraes muda placar no julgamento sobre tributação bilionária de heranças

Voto de Alexandre de Moraes muda placar no julgamento sobre tributação bilionária de heranças

STF retomou julgamento nesta sexta, e ministro votou a favor de os estados cobrarem

STF retomou julgamento nesta sexta, e ministro votou a favor de os estados cobrarem

Nossas colunas sГЈo exclusivas para assinantes. Continue lendo com acesso ilimitado. Aproveite!

O STF (Supremo Tribunal Federal) retomou nesta sexta (19) a novela do julgamento sobre a tributação bilionária de doações e heranças, e o ministro Alexandre de Moraes votou a favor da competência dos estados para cobrar o ITCMD de contribuintes que moram no exterior, na falta de lei complementar sobre o assunto.

A caso segue em sessГЈo virtual atГ© a prГіxima sexta (26).

Trata-se de uma briga antiga da Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo, que argumenta que algumas das famílias mais ricas do estado enviam dinheiro aos paraísos fiscais para escapar da tributação na herança, que pode atingir cifras bilionárias. O Tribunal de Justiça de SP tem sido favorável às famílias.

Mas o ministro do STF avaliou que os estados podem ter sérios prejuízos na arrecadação caso a decisão da corte seja favorável aos contribuintes, deixando de taxar o ITCMD. Em São Paulo, estima-se um impacto negativo no orçamento acima de R$ 5 bilhões.

Ex-ministro da Justiça, Alexandre de Moraes é paulistano e nasceu em 13 de dezembro de 1968. Se tornou o 168º e mais recente ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) em 22 de março de 2017, nomeado pelo então presidente Michel Temer. Moraes assumiu a cadeira deixada por Teori Zavascki, que morreu em um acidente de avião em janeiro do mesmo ano. Divulgação STF/Rosinei Coutinho - 6.fev.20

O ministro Alexandre de Moraes, ao tomar posse, em 2017. Folhapress/Pedro Ladeira - 22.mar.2017

Moraes fez carreira no Ministério Público e exerceu cargos tanto na Prefeitura como no Governo de São Paulo. No âmbito estadual, foi secretário de Justiça (2002-2005) e de Segurança Pública (2015-2016), ambas em gestões de Geraldo Alckmin, do PSDB - partido ao qual foi filiado até ser convidado para o Ministério da Justiça. Folhapress/Juca Varella - 26.dez.2002

Entre 2007 e 2010 Moraes foi secretário municipal de Transportes de São Paulo na gestão de Gilberto Kassab. Entre 2009 e 2010, inclusive, chegou a acumular ainda a direção da Secretaria Municipal de Serviços, virando uma espécie de "supersecretário". Folhapress/Rivaldo Gomes - 5.ago.2008

Nos intervalos entre um cargo e outro, advogou. Entre os clientes, uma cooperativa de perueiros que o contratou logo após sua saída da Secretaria Municipal de Transportes. Foi advogado de Eduardo Cunha (MDB) em uma ação no STF. E defendeu interesses salarias de oficiais da Polícia Militar de São Paulo –pouco antes de assumir a Segurança Pública. Folha de S. Paulo/Moacyr Lopes Junior - 19.mai.2010

Entre outros temas polêmicos, Moraes negou ter advogado para a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e rechaçou a acusação de ter copiado em um livro trechos de uma obra do jurista espanhol Francisco Rubio Llorente. Folhapress/Luiz Carlos Murauskas - 20.jun.2015

Já como ministro do STF, Alexandre de Moraes não passou incólume a polêmicas. Uma delas envolve o fato dele ser relator de uma ação que discute a legalidade de um ato administrativo encabeçado por ele mesmo quando era secretário da Segurança Pública de São Paulo. Ele travou a ação na corte ao negar seu seguimento. Folhapress/Zanone Fraissat - 27.out.2017

Em outro episódio polêmico, como presidente do inquérito no STF que investiga fake news contra ministros da Corte, Moraes determinou que os sites da revista Crusoé e O Antagonista retirassem do ar reportagem e notas publicadas sobre uma menção ao presidente do STF, Dias Toffoli, feita em um email pelo empresário e delator Marcelo Odebrecht. Dias depois, Moraes voltou atrás e derrubou a censura. Folhapress/Pedro Ladeira - 6.ago.2019

"Ressalto ser indiscutível que a movimentação internacional de bens e valores está fortemente concentrada nas mãos das grandes empresas multinacionais e de seus respectivos sócios e administradores, ou seja, daqueles que possuem maior capacidade para dispersar mundialmente seu patrimônio, em busca de condições fiscais mais favoráveis", disse Moraes.

O voto do ministro mexe no placar no STF porque diverge do entendimento do relator Dias Toffoli e do ministro Edson Fachin. Em outubro, Toffoli afirmou que as leis estaduais que tratam do assunto são inconstitucionais, mas deu aval às cobranças já realizadas. Fachin acompanhou o voto.

Palmeiras e Corinthians dividem placar em jogo beneficente em prol do Hospital Auxiliadora

Palmeiras e Corinthians dividem placar em jogo beneficente em prol do Hospital Auxiliadora

Palmeiras e Corinthians dividem placar em jogo beneficente em prol do Hospital Auxiliadora

Terminou empatado o jogo beneficente protagonizado pelos gigantes do futebol brasileiro, Palmeiras e Corinthians. Os times se enfrentaram no dia 21, no estádio Benedito Soares da Mota, o “Madrugadão”, onde parte da renda arrecadada será revertida ao centro oncológico do Hospital Auxiliadora.

No clima de animação, os torcedores das duas equipes estiveram presentes no local desde às 14hs para conferir os jogos das escolinhas do professor Lelis e Pedrinho. Logo em seguida foi a vez dos jogadores do Centro de Treinamento Avançado de Futebol (CTAF), e na sequência o espetáculo ficou por conta dos times formados por alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). O público também conferiu a partida entre o Supermercado Nova Estrela e empresários de Três Lagoas.

Promovendo um grande clássico na cidade das águas, as equipes master dos times paulistas, Sociedade Esportiva Palmeiras e Sport Club Corinthians Paulista deram um show nos gramados, levando as torcidas alviverde e alvinegra ao delírio. O jogo contou com a presença dos ex-jogadores dos dois clubes, que há mais de nove décadas promovem um dos maiores confrontos do futebol mundial, proporcionando uma gloriosa história de rivalidade.

De acordo com a Polícia Militar, estiveram presentes no local cerca de 2.200 pessoas para assistir aos jogos. Durante o evento também foi sorteados brindes e realizado leilões de camisetas dos dois times.

Parte da renda arrecadada no evento será revertida ao Centro Oncológico do Hospital Auxiliadora, em prol do combate ao câncer. Na opinião do Gerente Administrativo da instituição, Adenaldo Nunes, evento como esse é sempre muito positivo para o Auxiliadora. “Nós já trabalhamos há muitos anos com a causa de combate ao câncer, e a cada ano o hospital vem se aprimorando cada vez mais. Um evento como esse evolvendo duas equipes clássicas do campeonato brasileiro é grandioso, e ficamos muito contentes com a ajuda que eles estão dando em prol do Auxiliadora”, comenta.

O jogador do Corinthians, Gino, relembra a importância de contribuir. “O nosso grupo roda o Brasil inteiro realizando jogos beneficentes de várias situações. Todos que ajudaram de alguma forma estão de parabéns. Não é fácil realizar eventos assim, principalmente se tratando de uma causa tão nobre como foi”, conta.

César Maluco, técnico do time do Palmeiras, ressalta que um dos maiores prazeres do trabalho que realiza é poder conhecer os torcedores que costumam vê-los somente pela televisão ou rádio. “É importante esse contato com o torcedor, receber o abraço e o carinho que eles têm com a gente”, explica.

A torcedora Luciana Navarro marcou presença no estádio juntamente com o pai. Para ela, “foi um jogo voltado para a família inteira. Vejo esta iniciativa como algo positivo que está dando certo, a cidade precisa de mais ações como esta que despertam a caridade dentro das pessoas”, alerta.

No decorrer do evento, os veteranos dos times Palmeiras e Corinthians aproveitaram para realizar doações para a campanha do “Cofrinho Solidário” e incentivar a galera a aderir a ajudar esta causa nobre, com o intuito de angariar fundos para o setor do Oncologia do Hospital Auxiliadora.

O valor repassado ao Hospital será divulgado assim que os responsáveis pelo evento fizerem o fechamento dos valores do jogo.

De olho na pandemia

WSL Latin America monitora situação do coronavírus para realizar etapas do WQS

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.

E as etapas do QS previstas no calendário começaram a rolar.

Por aqui, a World Surf League segue de olho no avanço do coronavírus na América Latina, para decidir os próximos passos.

Equador, Argentina e Chile tem datas agendadas para março, abril e maio.

A pandemia foi o tema de carta divulgada nesta sexta pelo Tour Manager da WSL Latam, Roberto Perdigão.

Continuamos monitorando a situação do Covid-19 e como ele poderá afetar a realização dos nossos eventos. Os QS 1000 programados para o mês de março no Equador, permanecem com suas datas originais, o de ‘Montañita’ nos dias 17 a 21 e o de ‘Salinas nos dias 24 a 28’.

Mas, ainda estamos aguardando que alguns temas administrativos e sanitários sejam aprovados, para que os eventos possam ser confirmados e as inscrições abertas. De qualquer forma, com a complexidade da pandemia que estamos vivendo, estaremos sempre estudando opções para mudá-los, caso seja necessário.

Os QS 3000 de ‘Iquique’ e ‘Arica’, no Chile, continuam sendo monitorados devido à situação atual do Covid-19 no país, que no momento se encontra em quarentena nacional. Estamos sempre falando com os organizadores dos eventos, que estão em contato com as autoridades sanitárias e seus patrocinadores para que, em breve, possam nos dar uma posição sobre a realização destas etapas.

Nossos planos para o primeiro semestre de 2021, incluem ainda duas etapas das seletivas sul-americanas da categoria ‘Pro Junior’, no Brasil e no Chile. A WSL Latam segue aguardando uma sinalização dos seus parceiros, para a confirmação de todos os eventos previstos.

Mais atualizações serão anunciadas já no início na próxima semana.

Agradecemos a paciência e compreensão de todos vocês, quanto à tantas incertezas e atrasos na confirmação destes campeonatos.

Enquanto o mundo inteiro não estiver vacinado e protegido, as notícias e confirmações vão mudando e se ajeitando de acordo com a doença.

YouTube anuncia fechamento do Space e aposta em eventos temporários

O YouTube anunciou nesta sexta-feira (19) que não vai reabrir os Spaces após o fim da pandemia do novo coronavírus. Os espaços voltados a criadores de conteúdo, com cenários e equipamentos profissionais, já não estavam funcionando desde o início do estado de isolamento social em todo o mundo, e agora, serão substituídos por iniciativas temporárias e eventos virtuais, cujos detalhes ainda não foram revelados.

Presentes em sete cidades do mundo, incluindo o Rio de Janeiro (RJ), os YouTube Spaces eram locais dedicados não apenas à produção de conteúdo em si, mas também ao networking entre criadores e realização de cursos ou palestras. O acesso era gratuito a quem trabalha com a plataforma, incluindo até mesmo o uso de cenários, equipamentos e suporte ao desenvolvimento de materiais, desde que seguissem certos critérios, como ter um mínimo de 10 mil inscritos e não pertencer a uma marca comercial.

A opção pelo modelo híbrido, segundo o YouTube, já vinha desde 2019, quando o serviço começou a realizar eventos em mais lugares, além do próprio Spaces, bem como outras iniciativas regionais de suporte aos criadores de conteúdo. O fechamento motivado pela pandemia do novo coronavírus, que também atingiu as unidades na Alemanha, Inglaterra, EUA, França e Japão, aceleraram essa mudança, enquanto a recepção aos encontros digitais também ajudou nesse direcionamento.

De acordo com o YouTube, mais de 70 mil pessoais, de 145 países, participaram dos eventos virtuais da marca apenas em 2020, após o fechamento das unidades físicas. E nos quatro anos anteriores a isso, 45 eventos pop-up da plataforma reuniram 15 mil criadores em dezenas de cidades do mundo, com o serviço, agora, querendo mais e voltando seu foco, justamente, a atividades desse tipo.

B/aD00NDA7dz02NjA7YXBwaWQ9eXRhY2h5b24-/" height="426.6666666666667" width="640" layout="responsive" >

No sentido contrário, não é de hoje que os YouTube Spaces vêm tendo presença reduzida entre as iniciativas de educação e fomento da criação de conteúdo independente. Anteriormente, a empresa já havia fechado seus espaços em Mumbai, na Índia, e Toronto, no Canadá. A primeira localidade brasileira, em São Paulo (SP), também fechou as portas três anos após sua abertura, em 2014, quando foi substituída pela unidade do Rio de Janeiro, que não voltará a abrir após a pandemia.

Para o futuro, o YouTube prepara novos programas de desenvolvimento e financiamento de produtores de conteúdo, principalmente aqueles pertencentes a minorias, e investimento em ideias que estejam em ascensão nos países em desenvolvimento. Além disso, como já foi falado, seguem adiante os workshops e eventos ao vivo ou gravados e, quando reunir pessoas em um mesmo ambiente for seguro novamente, retornam também os acontecimentos presenciais em diferentes cidades do mundo, bem como as iniciativas temporárias de suporte aos criadores.



Publicar comentário
Procurar


Para você
Artigos sobre o tema Apostas online
20-04-2021
Chegou a hora de acreditar!
Chegou a hora de acreditar!

Construa seu futuro com os cursos gratuitos da Fundação Bradesco...

01-05-2021
Betclic TV: Live Stream de Jogos de Futebol Sempre Grátis
Betclic TV: Live Stream de Jogos de Futebol Sempre Grátis

Com a Betclic pode assistir jogos em direto enquanto aposta, de forma completamente grátis...

23-03-2021
Log-In aposta em hosting gerenciado para suportar estrutura de TI
Log-In aposta em hosting gerenciado para suportar estrutura de TI

Apesar de ter pouco mais de um ano de atuação independente, a Log-In Logística não é propriamente uma companhia nova...