X 22bet

Melhores sites de apostas portugal

É possível jogar partidas de pôquer, blackjack, bingo, roleta e máquinas de caça-níquel em grandes cassinos do país, tudo dentro da legalidade conforme a Lei do Jogo de Portugal que destina 50% das receitas brutas dos jogos a favor do Estado.

Como sei que muitos dos nossos leitores gostam de jogatinas e de visitar lugares lindos e luxuosos como são os cassinos, trouxemos nesse artigo 5 dos maiores cassinos de Portugal para você visita-los na sua próxima viagem por esse lindo país.

Você vai encontrar a localização de cada um dos cassinos, conhecer um pouco da história e também os diferenciais que cada cassino tem a oferecer para o viajante.

Cassinos de Portugal

Cassinos de Portugal

A maioria dos cassinos de Portugal ficam localizados nas grades metrópoles como Lisboa, Porto e Estoril. Para visitar todos eles vai ser necessário uma viagem de alguns dias para contar com o tempo de deslocamento.

Confira abaixo a lista com os 5 maiores cassinos de Portugal selecionados para a viagem:

Cassino Lisboa

O Cassino Lisboa é um dos maiores cassinos de Portugal e foi inaugurado em abril de 2006. Ele fica localizado em Lisboa, no Parque das Nações, perto do Oceanário de Lisboa.

Emprega aproximadamente 550 pessoas e é gerido pela Estoril Sol, sendo que desde 2014 distribuiu mais de 2 milhões de euros em prêmios.

Possui mais de 700 slot machines, 22 mesas de jogo, 4 bares, 3 restaurantes e teatro para 600 pessoas.

Cassino da Póvoa

Em um charmoso prédio da década de 30, o Cassino da Póvoa faz você parecer que está dentro de um filme. Foi inaugurado em 2001 e fica localizado na Póvoa de Varzim perto da Câmara Municipal.

Também é um cassino gerido pela Estoril Sol e possui mais de 600 slots machines e 8 roletas, além de sala mista, 4 bares (cada um com seu estilo próprio) e 1 restaurante.

Cassino Figueira da Foz

O Cassino Figueira da Foz é um dos cassinos mais antigos de Portugal e de toda a Península Ibérica, com sua licença de jogo em vigor desde 1927.

Ele fica localizado no Bairro Novo, no centro da cidade e sofreu grandes alterações desde o seu lançamento, sendo que sua fachada atual formada por feixes de vidro deixou a aparência com um ar moderno e mantendo ao mesmo tempo dentro toda a sua história e glamour.

Hoje ele possui um salão nobre, um restaurante na cave e salas específicas para jogos. Faz parte do grupo Amorim Turismo.

Cassino Espinho

Foi inaugurado em 1974 e é um marco no entretimento de Portugal. Ele fica localizado a 17 quilômetros de Porto próximo à Praia da Baía.

Oferece uma série de eventos no local, além dos jogos como 8 mesas de pôquer, 4 mesas de banca francesa, 9 roletas americanas, 5 mesas de black jack, entre outros. Faz parte do grupo Solverde.

Cassino Estoril

O Cassino Estoril fica localizado em Estoril, em Portugal, a 20 quilômetros do aeroporto de Lisboa e é considerado o maior cassino da Europa, sendo que de tão famoso e grandioso serviu de cenário para rodar o filme 007 Casino Royale de 2006 com James Bond.

Além de jogos, o lugar também é um centro polivalente de atividade de entretenimento, recebendo shows e espetáculos das mais diversas naturezas como teatro, mágica, música e dança. No quesito jogo, você encontra mais de 700 slot machines, mesas de carteado, bares, restaurantes e muito mais. Faz parte do grupo Estoril Sol.

Finalizando

Finalizando

Caso você não tenha em vista uma viagem para Portugal para visitar qualquer um dos cassinos acima, saiba que muitos deles também oferecem jogos on-line, muitos deles oferecendo descontos para os iniciantes.

Por exemplo, através desse link aqui Estoril Sol Casinos Bónus 207 você consegue um cupom de até 10 euros grátis e 250 euros em bônus para começar a brincadeira. Curtiu a dica? Então deixe o seu comentário aqui no blog!

Macau. Como vive a capital mundial dos casinos quando não há jogo

Macau. Como vive a capital mundial dos casinos quando não há jogo

A cidade do sul da China, governada pelos portugueses até 1999, é numa zona propícia para tufões. Na memória estão ainda o Hato e o Mangkhut, mas nenhum deles fez o que um coronavírus vindo do centro da China conseguiu: fechar os casinos 15 dias. E, numa economia de monocultura, quando o coração deixa de bater todos setores da sociedade sofrem. Uns mais do que outros. Saiba o que mudou no dia-a-dia de Macau.

A cidade do sul da China, governada pelos portugueses até 1999, é numa zona propícia para tufões. Na memória estão ainda o Hato e o Mangkhut, mas nenhum deles fez o que um coronavírus vindo do centro da China conseguiu: fechar os casinos 15 dias. E, numa economia de monocultura, quando o coração deixa de bater todos setores da sociedade sofrem. Uns mais do que outros. Saiba o que mudou no dia-a-dia de Macau.

Turistas e mais turistas, até ao número exorbitante de 40 milhões, em 2019, numa pequena cidade de 33 km2. Jogo e mais jogo, até alcançar receitas anuais de mais de 30 mil milhões de euros. E de repente chega um vírus, o Covid-19, que tudo mudou. Macau fechou fronteiras, quase não há turistas, o jogo mirrou, e todos sofrem com a quebra. O impato da crise só não foi maior, porque nos últimos 16 anos foi criada uma almofada, em forma de reserva financeira, cujo conforto se pode apreciar a partir de um valor: 600 mil milhões de patacas (34,2 mil milhões de euros).

Vamos aos números, que dão uma noção exata do impacto do novo coronavírus na Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) − uma terra de superabundância, que nos últimos anos só tem tido uma direção, a do crescimento.

Comecemos por onde todas as conversas começam em Macau, o jogo. A indústria agoniza com a falta de turistas, depois do fecho de fronteiras com o Mundo, mas em especial com a China Interior e Hong Kong − de onde vêm a maior parte dos visitantes.

No ano passado, em abril, entraram pelas múltiplas fronteiras terrestes, aérea e marítimas, qualquer coisa como 3,5 milhões de visitantes. Este ano no mesmo mês, apenas 11 mil. Uma quebra homóloga de quase 100%. A redução do jogo deu um trambolhão semelhante, o que demonstra bem a relação entre uma dinâmica e a outra: quase todos os que entram em Macau fazem-no para jogar.

Se em abril de 2019, as seis operadoras que exploram o jogo tinham arrecadado 23,58 mil milhões de patacas (2,70 mil milhões de euros), agora a receita bruta mensal ficou-se pelos 754 milhões de patacas (cerca de 86 milhões de euros).

O economista português Albano Martins, há várias décadas a residir naquela cidade banhada pelo rio das Pérolas, sintetiza o que se passa no território da seguinte forma: “As massas não chegam agora a Macau. Nem as massas de pessoas, nem as massas de dinheiro”, ilustra.

E acrescenta: “A indústria do jogo está praticamente parada. Produz-se num mês o que se produzia num dia. A situação está muito complicada”.

Na mesma linha, Miguel Senna Fernandes, presidente da Associação de Macaenses, diz à Renascença que o sentimento no território “é de reserva”. “Temos a percepção que a economia está na mó de baixo, porque os casinos são o cérebro da economia da Macau. Tendo estado fechados durante 15 dias, as receitas são um desastre. Ninguém está feliz”, explica.

A normalidade que é só aparente

O diretor da revista Macau Business, e presidente da Associação de Jornalistas de Língua Portuguesa e Inglesa da RAEM, José Carlos Matias, afirma que quem anda pelas ruas vê uma cidade que funciona com uma aparente normalidade, em que as lojas foram reabrindo, apesar de muitas ainda não o terem feito.

O jornalista afirma que por detrás da aparente normalidade se esconde uma nova realidade. “Quando circulamos com mais atenção deparamo-nos com essa anormalidade, que é a ausência de turistas, numa cidade que no ano passado teve 40 milhões de visitantes”.

Macau já não tem casos de coronavírus há mais de um mês. Qual foi a chave do sucesso?

A economia que está muito dependente dos impostos cobrados aos casinos, “cerca de 80% das receitas arrecadadas pelo Governo advém de receitas do jogo”, por isso, é fácil de compreender que na região se vive “uma situação bastante complicada”.

As PME de Macau, normalmente pequenos negócios virados para os visitantes, são as que mais agonizam, neste momento, com a falta de turistas e de jogo. O Governo já lançou um programa de ajuda a estes empresários para amenizar as consequências da travagem brusca.

“O Governo acionou vários mecanismos de apoio a residentes, cidadãos e empresas, alocando uma verba na ordem dos cinco mil milhões de euros para suplementar um orçamento retificativo que foi apresentado. Este valor representa menos de 10% da reserva financeira da RAEM”, explica Matias.

Sérgio de Almeida Correia, que lidera um escritório com cinco advogados, diz que a cidade está a resistir e, que passada a fase mais aguda da crise, a China já começou a abrir, pelo que se aguarda com expectativa o que sairá das reuniões da Assembleia Popular Nacional e da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês.

Almeida Correia espera que estes órgãos do governo central determinem a reabertura das fronteiras. “Assim, os casinos vão começar a funcionar. A questão é pensar a longo prazo. Durante quanto tempo esta situação se vai manter, até termos uma vacina e as pessoas voltarem a adquirir confiança e a termos comunicações?”, questiona.

Coração transformado em "elefante branco"

Os casinos de Macau, o coração económico da cidade, são neste momento “elefantes brancos” dos quais poucas pessoas entram e saem. São estruturas ajustadas para os milhões que normalmente visitam a cidade, mas que se tornam megalómanas quando de repente os turistas passam a ser pouco mais de 10 mil num mês. Como é que a atividade se tem ajustado?

Albano Martins explica: “Muito lay-off, despedimento dos trabalhadores não residentes, porque é incorrecto fazê-lo com os residentes. Estão a reduzir pessoal, a pedir aos trabalhadores que façam férias antecipadas, esperando que em meados de junho as coisas possam recomeçar a voltar ao normal”.

E é nesta dimensão que se percebe que ao contrário do que muitos disseram sobre este vírus, ele não é democrático. Se na infecção até pode ser verdade que atinja todos por igual, nas consequências isso está longe de acontecer.

Os Trabalhadores Não Residentes (TNR), pessoas que trabalham com um visto temporário, são os primeiros a serem despedidos e a ficarem em situações precárias. O presidente da Associação de Jornalistas, José Carlos Matias, revela este grupo é uma fatia de leão da mão-de-obra “representando metade da população ativa” − cerca de 200 mil pessoas.

“Já há uma redução, e estes são esses os primeiros a sofrer as consequências. Temos tido vagas de despedimentos, e não auferem das medidas de apoio do Governo. Há casos muito complicados, em que por causa das restrições à mobilidade, há pessoas que perderam o emprego, [a quem] expirou a autorização de permanência, mas não têm forma de regressar às Filipinas, ao Nepal, ou à Indonésia”, avança o jornalista.

"O Governo acionou vários mecanismos de apoio a residentes, cidadãos e empresas, alocando uma verba na ordem dos cinco mil milhões de euros"

O mesmo Matias garante que as instituições de solidariedade social como a Cáritas, têm estado muito ativas e dado apoio a essa franja de cidadãos. Há ainda redes de apoio nas comunidades, mas “existirão situações complicadas, certamente”.

Também Senna Fernandes fala das restrições para estes trabalhadores, apesar de Macau necessitar muito da mão-de-obra que vem de fora. O desemprego, mais 1.600 pessoas a engrossar a estatística, até meio de abril, atinge sobretudo estas populações. Ainda assim, e apesar deste crescimento, a taxa de desemprego da região mantém-se muito baixa, um pouco acima dos 2%.

Ainda em relação ao futuro do jogo, o diretor da revista especializada em economia, garante que depois de as concessões norte-americanas, a partir de 2003, terem levado o jogo da região a orientar-se para as massas, apoiando o negócio em resorts, lojas de luxo e restauração, os próximos tempos deverão marcar um regresso às origens dos casinos em Macau.

“Há quem considere, os analistas, que primeiro haverá um voltar dos jogadores VIP, grandes apostadores, por causa das questões ligadas à distância social”, identifica, mas alerta que esta nova realidade traz consigo os riscos de uma retoma ao que eram as características do fenómeno a um momento pré-operadoras norte-americanas –em que a indústria se valia dos “hardcore gamblers”, um modelo mais opaco e “com ligações mais duvidosas”.

Macau cria códigos de risco de infeção com cores

Quem for vermelho não pode entrar em serviços públ(. )

A discussão sobre a necessidade de diversificação económica em Macau é quase tão antiga como o início do domínio dos casinos, e os resultados são sempre os mesmos: incipientes.

“O discurso de diversificação da economia é feito há muito tempo. Todos os anos acontece, e um elemento do Governo Central aparece a falar disso, mas este ano há uma tónica muito acentuada no tema. Será que vai haver uma diversificação mesmo à força? Não sei. Seria uma coisa muito boa”, avança.

Apoios e mais apoios: a grande rede de segurança de Macau

Certo é que o Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, realçou que o impacto da situação epidemiológica da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus na economia de Macau deste ano vai ser “severo” e, em consequência, “as receitas do Governo irão descer significativamente”.

Por isso, os serviços públicos devem “gastar apenas quando precisam”, poupando nas despesas públicas, particularmente as despesas administrativas relacionadas com receções, lembranças, visitas ao exterior, entre outras.

Ainda assim, o governo local está a lançar um programa de investimento público. Ho Iat Seng anunciou um “aumento adequado dos investimentos públicos” em áreas como transportes, habitação e instalações governamentais.

O presidente da Associação de Macaenses elogia o líder do Executivo: “Não há uma situação de desolamento. O Governo aproveitou os alunos não poderem sair, não poderem ir às aulas, e aceleraram-se as obras públicas, nas ruas, nas avenidas. Isto nunca parou. Há um aproveitamento do tempo para adiantar as obras que de outro modo, seriam diferidas no tempo. Isto e outras medidas fizeram com que as pessoas mesmo estando numa situação de confinamento, não estivessem tão desencorajadas”.

Além deste apoio à economia local, há também um apoio direto ao consumo dos cidadãos. José Carlos Matias explica: “Estão a subsidiar a fundo perdido, ainda que numa parcela não muito elevada, as pequenas empresas, e também cidadãos”.

Primeiro, foi determinada a antecipação do subsídio anual, que o Governo distribui todos os anos por todos os cidadãos que têm o estatuto de residente − a grande maioria da comunidade portuguesa está nessa condição. É um subsídio de vale cerca de mil euros.

Depois, foi ainda distribuído um cartão de consumo para todos, no valor de 300 euros para o imediato, a que se vão somar mais 500 euros a partir de agosto e setembro. “Permite aos restaurantes, supermercados e pequenos negócios uma reanimação do consumo interno, e dá um alívio aos orçamentos familiares”, explica Matias.

A isto soma-se 500 euros em três meses consecutivos para todos os cidadãos residentes com um contrato de trabalho. Só quem está no escalão mais elevado de rendimentos não receberá. “Permitirá haver uma almofada para os residentes de Macau”, sinaliza o director da Macau Business.

A tudo isto, o economista Albano Martins soma os impostos. Se o valor máximo era de 12%, o Governo voltou a facilitar a vida das pessoas e das empresas.

“O IRC só para quem tem lucros acima de 3,7 milhões de patacas. São mais de 370 mil euros de lucro. As empresas de Portugal esfregariam as mãos se tivessem numa situação deste tipo”, qualifica.

O mesmo especialista acredita mesmo que não haverá aumento da dívida pública neste período, “pelo menos tendo em conta os números que foram apresentados”.

Portugueses não são os mais afetados mas não evitam dificuldades

A comunidade portuguesa não passa ao lado da crise, mas também não é das mais fustigadas. Miguel Senna Fernandes acha que se está a “safar bastante bem”.

Um número significativo de portugueses trabalha em escritórios de advogados, o que se explica por as normais legais terem vindo beber ao direito português a sua inspiração. No escritório ACS, Sérgio de Almeida Correia declara que se tem aguentado sem despedimentos, nem reduções salariais. “Temos de nos habituar a poupar nos meses bons, para a crise”.

Ainda assim, sublinha que os negócios imobiliários estão parados, e isso faz com que haja uma quebra “em todas as profissões liberais”. “Estamos a aguentar o melhor possível, sem despedir pessoal, e tanto quanto sei os escritórios em Macau ainda não despediram ninguém. Enquanto conseguirmos vamos fazê-lo”, promete.

"Macau tem uma reserva financeira invejável. Os cofres continuam a estar bastantes cheios, mas não sei quanto tempo pode aguentar"

Quanto tempo se aguenta uma situação como a atual? “Três ou quatro meses, mas seis meses ou um ano, ninguém aguenta”, responde Almeida Correia.

José Carlos Matias não tem dúvidas de que a comunidade foi afetada, desde logo a restauração “que tem uma presença com alguma importância”. Também os que trabalham ou têm pequenos negócios “seja na área de prestação de serviços” ou “eventos” tiveram “um impacto dramático”.

“Ficaram sem trabalho e sem rendimentos porque não existem eventos, foram todos cancelados. Em setembro ou outubro vão recomeçar”, diz Matias.

O mesmo enquadra ainda este fenómeno, afirmando que o sistema laboral local é “mais desregulado”, uma relação entre empregador e trabalhador que “pende muito para a entidade empregadora”. “O despedimento é muito mais fácil, faz-se mesmo sem ter de se invocar justa causa, havendo lugar apenas a pequenas compensações”.

As reduções salariais no seio da comunidade, segundo Matias afetam todos os sectores socioprofissionais − desde jornalistas, a advogados, e arquitectos por exemplo.

Senna Fernandes diz que a situação actual não pode ser “para uma eternidade”. “Macau tem uma reserva financeira invejável. Os cofres continuam a estar bastantes cheios, mas não sei quanto tempo pode aguentar”, salienta.

Coronavírus. Macau reforça restrições nas fronteiras

Aumento no número de casos de doentes infetados pe(. )

“Não podemos estar sempre confinados, porque não podemos matar a economia”, conclui.

Tiananmen e a saúde pública

E se é verdade que o recém-eleito chefe do Executivo da RAEM, Ho Iat Seng, tem visto a sua imagem reforçada pela forma como tem gerido esta crise, não é menos verdade que os próximos tempos vão trazer mais uma polémica política no território.

Tudo por causa da celebração do 4 de Junho, data que assinala o massacre de Tiananmen. Macau era juntamente com Hong Kong, um dos dois locais na China em que o evento era celebrado.

Em Macau, este ano, isso não deve acontecer. O Corpo da Polícia de Segurança Pública impediu a realização da vigília invocando questões de saúde pública, depois de primeiramente até ter dado ordens para a exposição fotográfica que todos os anos decorre na praça do Leal Senado, bem no centro da cidade, se realizar.

Os organizadores do evento, os democratas Ng Kuok Cheong e Au Kam San, deputados na Assembleia Legislativa, já interpuseram recurso em tribunal, não sendo a mesma conhecida para já.

O jornalista José Carlos Matias afirma que a decisão “deixa várias dúvidas”, porque a manifestação se realiza há quase 30 anos, e “porque primeiro tinha havido luz verde”. “Há várias questões mesmo de procedimento administrativo que os juristas questionam. O que foi dito publicamente não dissipa as dúvidas”, enfatiza.

Matias explica que em Macau a adesão à máscara é muito grande, e que no dia-a-dia as pessoas se juntam e vão a restaurantes. Por isso, a argumentação das autoridades parece não ter adesão à realidade que se vive no território.

No final da semana passada, o cônsul-geral de Portugal em Macau e Hong Kong pronunciou-se sobre o tema e ficou ao lado das autoridades locais. Afirmou que “contexto extraordinário” da pandemia da Covid-19 pode justificar a decisão.

“Na minha opinião pessoal”, dado “o contexto extraordinário, as regras não podem ser as mesmas, devem ser adaptadas às circunstâncias”.

Opinião bem diferente tem o advogado Sérgio de Almeida Correia. Pensa que a justificação dada pelas forças de segurança “não colhe e a decisão não tem nada a ver com a saúde pública”.

O jurista recorre à informação conhecida. “Não há casos há 40 dias, não há ninguém internado em tratamento ao Covid-19, não faleceu ninguém com Covid-19, a preocupação que o Governo tem em relação à vigília do 4 de Junho, ou às manifestações de carácter religioso, não são as mesmas que tem, por exemplo, em relação a pessoas em paragens de autocarros ou dentro de autocarros, e elevadores em edifícios comerciais e de escritórios”, exemplifica.

“Se a preocupação com a Saúde Pública fosse genuína, os autocarros não podiam circular como circulam em Macau, como se fossem latas de sardinha”, ilustra.

Almeida Correia entende assim que a saúde pública, neste caso, é “um argumento falacioso que esconde apenas uma decisão política e perfeitamente ilegal a luz da Lei Básica de Macau”.

Mais de metade dos apostadores online jogam em sites ilegais

Mais de metade dos apostadores online jogam em sites ilegais

Mais de metade dos jogadores online de apostas desportivas e de jogos de fortuna e azar jogam em sites ilegais, revela um inquérito nacional, que aponta, no entanto, para um aumento dos que jogam apenas em operadores licenciados.

A liberdade precisa do jornalismo. Precisa da sua escolha.

Não deixe que as grandes questões da sociedade portuguesa lhe passem ao lado. Registe-se e aceda a mais artigos ou assine e tenha o PÚBLICO todo, com um pagamento mensal. Pense bem, pense Público.

Segundo o inquérito promovido pela Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online (APAJO), 56% dos jogadores registados a nível nacional aposta através de sites de jogo online licenciados e não licenciados. Mas destes, apenas 6% aposta exclusivamente através de sites ilegais.

Regulador notificou 408 operadores e 324 sítios ilegais de jogo online

“Em sentido oposto, 44% dos jogadores apostam em exclusivo em sites licenciados, ou seja, dentro da lei”, adianta o inquérito, divulgado esta segunda-feira pela APAJO.

Com 609 entrevistas efectivas, o inquérito revela ainda que, do universo dos jogadores registados, cerca de 94% já jogaram a dinheiro em 2019.

O inquérito concluiu que 42,2% dos registos são ainda anteriores a 2016, ano em que entrou em vigor a regulamentação do sector, com os restantes quase 58% dos registos efectuados nos anos seguintes.

Segundo o estudo, 20% dos consumidores registaram-se em 2018 e, destes, 52% fizeram-no apenas em operadores licenciados.

Entre os consumidores registados no primeiro semestre deste ano, quase 70% efectuaram registos apenas em plataformas licenciadas.

O inquérito aponta também que as apostas desportivas são as preferidas dos jogadores online (66,7%). Traçando o perfil dos jogadores online em Portugal, o estudo indica que a maioria são homens (85,1%).

Jovens apostam mais em sites ilegais

Para o presidente da APAJO, Gabino Oliveira, “estes dados vêm demonstrar uma evolução muito favorável no crescimento do mercado licenciado”. “Trata-se de um sinal positivo, embora consideremos na APAJO que ainda há muito a fazer no combate ao jogo não licenciado no online em Portugal”, afirma Gabino Oliveira em comunicado.

Portugal em ponto morto no combate à manipulação de competições desportivas

Olhando para os dados, Gabino Oliveira salienta que são os jovens entre os 18 e os 24 anos quem mais aposta em plataformas não licenciadas, quase 53%, um número que desce para os 29,4% no grupo dos 25 aos 34 anos.

Face a estes dados, a APAJO defende a realização de uma campanha de jogo responsável, focada nos mais jovens ao mesmo tempo que se combate de “forma eficaz os sites ilegais”.

Tendo por base os inquiridos que em 2019 já jogaram, as razões para apostarem em plataformas licenciadas são para 63,7% a “maior segurança”.

Menos de 50 euros por mês

A associação que representa as entidades licenciadas a operar em Portugal no jogo online pretendeu ainda saber, através deste inquérito, quanto gastam os apostadores registados. Na resposta, os dados obtidos permitem aferir que a grande maioria, 62,5%, gasta menos de 50 euros por mês nos jogos online legais.

Num estudo anterior que comparou Portugal com outros países, também promovido pela APAJO, foi possível estimar que existirão em Portugal entre 400 mil e 600 mil apostadores únicos online (entre 4,6% e 6,9% da população adulta).

Portugal. Youtubers promovem sites ilegais de apostas

Mais de uma dezena de youtubers portugueses divulgaram sites de apostas ilegais, diz investigação da Rádio Renascença. Penas podem ir até cinco anos de prisão. Youtube já apagou muitos dos vídeos.

Em causa estão vídeos de mais de uma dezena de youtubers portugueses, alguns deles com milhões de seguidores

São mais de uma dezena os youtubers portugueses que nos últimos meses têm promovido nos respetivos canais de YouTube sites de apostas ilegais, sem licença para operar em Portugal, escreve esta quarta-feira a Renascença.

Na lista de youtubers estão nomes como Sirkazzio, Wuant e Windoh, que têm 5,1 milhões de subscritores, 3,6 milhões e 1,68 milhões, respetivamente. A reportagem assinala que em causa estão sobretudo os sites “Blaze” e “Drakemall” — através de longos vídeos, os youtubers mostram como funcionam os sites, inclusive quais os meios de pagamento, sendo que alguns admitem que o vídeo foi patrocinado por estas plataformas.

Apesar de alertarem para o facto de estes sites serem para maiores de 18 anos — uma das youtubers que publicita o site “Blaze” é menor de idade — os vídeos são vistos por muitas crianças, tal como se observa nas caixas dos comentários. Os youtubers estarão a cometer dois crimes, esclarece a Renascença. O primeiro está relacionado com o jogo em si. Segundo o Regime Jurídico dos Jogos e Apostas Online “quem, por qualquer meio e sem estar para o efeito devidamente autorizado, explorar, promover, organizar ou consentir a exploração de jogos e apostas online, ou disponibilizar a sua prática em Portugal a partir de servidores situados fora do território nacional, é punido com pena de prisão até cinco anos ou com pena de multa até 500 dias“. Tanto a negligência como a tentativa são puníveis. O segundo crime diz respeito à publicidade, isto é, promover jogos não licenciados em Portugal significa incorrer numa contraordenação.

Entretanto, o site “Blaze” deixou de estar acessível em Portugal na noite de segunda-feira. Esta página em particular funcionava com uma licença atribuída em Curaçao, ilha nas antigas Antilhas Holandesas, nas Caraíbas, cuja licença não é válida em Portugal. Também o “Drakemall” tem licença no mesmo país — não é claro se é tido como “jogo de azar”, pelo que continua a funcionar.

O YouTube proíbe a publicação de conteúdo que incite à venda de determinados produtos ilegais ou regulamentados, entre os quais estão “casinos de jogos de azar online” e também conteúdos “que incluam links para sites que vendem os itens em questão”.

Depois de questionado sobre a legalidade dos vídeos, o YouTube bloqueou grande parte deles, uma decisão que não foi do agrado dos youtubers, com Wuant a escrever o seguinte comentário da rede social Twitter (os tweets estão protegidos, apenas acedidos pelos seguidores deste youtuber):

O YouTube removeu o meu último vídeo porque o patrocinador quebra os termos de serviço. Gostava de voltar aos tempos em que nada disto importava, sem nos preocupar com 1001 merdas para postar um vídeo. Vão haver menos vídeos temporariamente, obrigado pelo apoio pessoal.”

“É só para avisar que o YouTube está a passar por uma fase menos favorável, pelo menos para mim. Para quem não sabe, nós estávamos a fazer — a maior parte do YouTube, quase toda a gente estava a fazer — vídeos patrocinado por sites de apostas. Até há pouco tempo o YouTube (…) lançou uma regra que não nos permite fazer isso. (…) Não vai ser um site de apostas que patrocina, há-de ser outra aplicação, outra marca”, diz Wuant no mais recente vídeo, partilhado a 12 de novembro e com quase 300 mil visualizações.

A situação foi entretanto denunciada ao regulador do setor do jogo (Serviço de Regulação e inspeção do Jogo) pela Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online, acrescenta a Renascença.

Estes são os melhores casas de apostas legais em portugal 2021

Apostar online tem se tornado uma atividade cada vez mais procurada pelos usuários de todo o mundo. A possibilidade de ganhar um bom dinheiro enquanto dá um palpite no esporte ou experimenta um jogo de cassino, faz com que as pessoas se sintam motivadas a encontrar uma boa plataforma de apostas. Porém, em países como Portugal, que contam com suas próprias regras de apostas, nem todo o site é legal. Descubra neste artigo quais casas de apostas são legais em Portugal, escolha uma (ou mais) e aproveite todas as oportunidades!

As melhores opções para apostar em Portugal 2021

Betclic

O Betclic é bastante conhecido pelos apostadores de todo o mundo e foi a primeira casa legalizada a operar em Portugal. Conta com boa variedade de esportes, um bônus de boas-vindas atrativo e um ambiente seguro para os apostadores. O bônus de boas-vindas é a primeira aposta sem risco. Após fazer um depósito e apostar em qualquer mercado, caso você perca essa primeira aposta, você tem o dinheiro de volta em até 48 horas.

O usuário pode acessar o Betclic pelo site no computador, pelo aplicativo (disponível para Android e para iOS) e pelo navegador do Smartphone. Mesmo que você opte por apostar pelo celular, o site e o aplicativo apresentam os mesmos recursos do computador, desde o serviço streaming de partidas esportivas, jogos de cassino, até a solicitação de depósitos e saques.

Além do bônus de boas-vindas, o Betclic oferece outras promoções para os usuários já cadastrados. É só escolher a modalidade de jogo no menu superior do site, e dentro das modalidades clicar no botão Promoções. É também nesse menu que você vai ser direcionado para o cassino, esportes ou área ao vivo.

No quesito apostas esportivas, o Betclic é capaz de satisfazer seus usuários. Ao clicar em Desporto são apresentadas as principais partidas, seja de futebol, tênis, basquete ou de outras modalidades. Além disso, também conta com serviço de Streaming, onde os principais jogos são transmitidos em tempo real via vídeo. Para ter acesso ao Streaming, é só ser cadastrado no site.

No cassino, os títulos são apresentados por desenvolvedora, item que pode favorecer os usuários mais experientes, já que podem direcionar sua busca pelas empresas preferidas. Mas se pintar aquela dúvida de qual jogo escolher (já que são várias opções), verifique a área chamada Populares, em que os jogos mais acessados são apresentados.

E se precisar buscar atendimento no Betclic, clique no botão Centro de Ajuda, no menu inferior do site. Por ali você é direcionado para a área de Ajuda, FAQ, Dicionário e Contact. No Contact, existe a possibilidade de conseguir suporte via chat online e e-mail. São bons métodos de atendimento, práticos e rápidos de utilizar, que enriquecem a plataforma como um todo.

Betano

Características

O Betano é um site de apostas que conta com bons jogos, odds satisfatórios e possibilidades reais de lucro. O ambiente virtual tem um design mais moderno, o que facilita a experiência do usuário. O novo apostador recebe de presente 50% do valor do primeiro depósito em bônus.

Quem gosta de fazer seu palpite pelo celular, pode utilizar o Betano App, com versões para Android e iOS, totalmente gratuito. Mas também é possível acessar o Betano pelo navegador do seu smartphone. Todos os recursos são replicados, ou seja, você vai ter a mesma qualidade de jogo, independentemente do dispositivo escolhido.

Plataforma

O Betano sai na frente no quesito usabilidade por ter um layout extremamente bem desenvolvido. Logo nos primeiros segundos de navegação é possível entender a dinâmica do site, mesmo se você for um apostador iniciante. Diferente de outros sites que pecam pelo excesso de informação, o Betano permite que a experiência seja simplificada e fácil. Tudo é direto ao ponto!

Podemos descrever o Betano como um site completo nas apostas esportivas. Além do futebol, é possível encontrar tênis, baseball, entre outros, em seu catálogo de jogos. É só clicar sobre o nome da modalidade para visualizar as partidas e os mercados disponíveis. Também oferece serviço de Live Stream, para acompanhar os jogos em tempo real via transmissão de vídeo.

Agora, se voce gosta de uma boa jogatina, vai encontrar no cassino do Betano! O site oferece um ambiente completo, com slots, jogos de mesa e outras opções de grandes desenvolvedoras. Role a página para baixo para descobrir todas as oportunidades de games.

Existem dois métodos de contato disponíveis para os clientes Betano: e-mail ou live chat. É só enviar a mensagem e aguardar o retorno de uma equipe de atendimento qualificada, que se comunica em português.

Nossa Aposta

Características

Existem muitos sites de apostas tradicionais na internet, porém boas novidades tem chegado ao mercado, como é o caso do Nossa Aposta. Com um layout diferente e dinâmica de funcionamento única, oferece aos novos usuários s um bônus de 100% do primeiro depósito, até 50€.

Infelizmente, ainda não conta com aplicativo, mas seu site responsivo permite que o apostador faça seus jogos pelo celular. A grande vantagem é que com site responsivo não é necessário fazer download de aplicativos, o que não impacta na memória do seu smartphone. O site para celular é muito funcional e é uma ótima forma de aproveitar para apostar a qualquer hora e lugar.

Plataforma

Sem dúvidas, o Nossa Aposta é um dos melhores sites no quesito organização. Tudo é fácil e intuitivo de utilizar. No menu superior, encontram-se somente os botões apostas ao vivo e Cassino, e dentro de cada área todas as outras opções. Em um primeiro momento, pode ser difícil localizar certos itens, mas isso faz com que a tela fique mais leve e livre de excessos de informação.

A área das apostas esportivas fica no botão apostas ao vivo no menu superior do site. Primeiro aparecem somente os jogos que estão acontecendo em tempo real, mas é só rolar a página para baixo para encontrar outras opções que tem data marcada para horas, dias e semanas. No Nossa Aposta é possível encontrar boas partidas de futebol, tênis, basquete, MMA, entre outros. Alguns desses jogos contam com transmissão por vídeo, por meio do serviço de Streaming.

No cassino, logo na primeira página, aparecem os jogos em destaque, aqueles que conquistaram boa popularidade entre os apostadores. No menu superior da área, navegue entre Novidades, Slots, Roleta, etc. Para achar um título específico, clique no ícone de lupa.

Voce pode buscar suporte com a equipe de atendimento via central telefônica, e-mail, chat no Facebook e chat online. Todos são fáceis de usar e bem práticos, além de oferecer a possibilidade de resolver na mesma hora a questão. Apesar de novato, o Nossa Aposta cumpre todos os requisitos de um bom site de jogos.

Estoril Sol Casinos Online

Características

Conhecido na internet como ESC, o estoril sol casino é um cassino físico que levou seu tradicionalismo para a internet. Quem se cadastra no site pode aproveitar ofertas de bônus de boas-vindas, odds atrativas e uma grande variedade de jogos. Novos usuários do Estoril Sol ganham na hora 10€ sem depósito, e você pode conseguir ainda um bônus de boas-vindas de 100% do valor do primeiro depósito em bônus, sendo o máximo 250€.

Jogue no Estoril Sol via computador, celular ou tablet. No ESC app, é possível aproveitar jogos e partidas quando e onde quiser. Se você não quiser fazer download do aplicativo, pode acessar o ESC Mobile por meio do navegador do celular.

Plataforma

O design do ESC é bem simples e objetivo. O menu superior divide as modalidades de apostas, além de apresentar a página de promoções e a área de apoio ao cliente. Para os novatos, o ESC pode ser especialmente interessante por ser fácil de entender seus métodos de apostas.

Para acessar a área de jogos esportivos basta clicar em Apostas Desportivas e ter acesso à todas as modalidades. Os principais esportes estão presentes, com as boas odds e diferentes mercados. Todas as partidas ao vivo contam com a presença de estatísticas completas. Não oferece transmissão via streaming ou a presença de gráficos animados para representar os lances.

Mas é no cassino que o Estoril Sol mostra sua qualidade. O apostador encontrará os jogos de casino mais como Slot Machine (caça-níqueis), Blackjack e Roleta Francesa. Há também os famosos jackpots, com prêmios acumulados. Experimente os títulos na versão grátis, sem pagar nada por isso!

Encontrar apoio no ESC é fácil, basta clicar em Apoio ao Cliente no menu superior do site. Na página você tem acesso ao FAQ e ao Centro de Ajuda, que é uma área muito mais completa. É possível enviar um e-mail para o endereço do menu inferior do site, ou mandar uma mensagem para o perfil no Facebook, Twitter e YouTube.

É legal apostar em Portugal?

Com a proposta de oferecer melhores condições de jogo para os apostadores e arrecadar impostos com uma atividade recreativa, o Governo de Portugal reuniu seus governantes para estabelecer regras de funcionamento para as casas de apostas online. Até então, somente cassinos físicos tinham operação liberada, mas com o crescimento do segmento virtual, o país sentiu a necessidade de regularizar também essa modalidade.

Dessa forma, Portugal estabeleceu uma série de exigências para que as casas de apostas online operem no território. É o órgão de jogos que verifica e emite uma licença de funcionamento, fazendo com que os sites possam oferecer seus serviços dentro do país somente se contarem com essa liberação. Ou seja, é legal apostar em Portugal, desde que o site conte com licença de funcionamento.

A licença de funcionamento é uma certificação de que o site de jogos conta com recursos de segurança, aplica uma política de jogo justa e não manipula seus resultados. O órgão de jogos de Portugal realiza também auditorias e faz a renovação da licença quando uma marca teve um histórico favorável.

A primeira empresa a conquistar sua licença de funcionamento em Portugal foi o Betclic, seguida de nomes como Nossa Aposta, Estoril Sol, Betano, entre outras. Os sites que ainda não possuem licença de operação, podem buscar no órgão e seguir o procedimento necessário para conquistar o seu. Porém, essas plataformas ainda são passiveis de acesso, já que operam de provedores externos – mas não é algo recomendado pelos órgãos de segurança do país.

Dentre as opções legalizadas em Portugal, listamos a seguir alguns nomes para que você possa escolher e testar. Afinal, nada melhor do que contar com boas plataformas para fazer seu jogo!

Todas essas casas de apostas são legalizadas em Portugal, o que significa que você pode optar tranquilamente por uma delas, sabendo que está em um ambiente seguro e dentro da lei. Nada impede que você experimente todos eles, aproveitando os bônus de boas-vindas de cada um deles. Depois, é só montar uma estratégia certeira e colher os lucros. Boa sorte!

Apostas desportivas: regras de ouro para obter mais sucesso

Primeira regra de ouro: se não domina a modalidade, não aposte.

Desengane-se se pensa que é como jogar no Totobola. As apostas desportivas na internet requerem paciência, controlo emocional e muita disciplina. Há, desde logo, um conceito que tem de dominar: as odds. Saber exatamente como funcionam vai permitir-lhe tirar o máximo partido delas. Passando das palavras aos atos, para jogar, tem de registar-se num site de apostas e depositar na sua banca o mínimo exigido, normalmente, 10 euros. Este depósito pode ser feito através de cartão de crédito, multibanco, transferência bancária ou de outro método disponibilizado pela casa de apostas.

1. Se não domina a modalidade, não aposte

Se quer ganhar dinheiro com as apostas desportivas, tem de conhecer bem as modalidades em questão bem como as equipas e os jogadores em que pretende apostar. Acredite: se se fiar apenas na sorte, ficará sem dinheiro enquanto o diabo esfrega um olho.

2. Faça o trabalho de casa

Pode achar-se um Mourinho de bancada, mas isso não chega para ser bem-sucedido nas apostas desportivas. Invista algum tempo a consultar estatísticas, classificações, momentos de forma das equipas e dos jogadores, castigos, lesões e etc. Quanto mais não seja, para chegar à conclusão de que aquela que até lhe parecia uma boa aposta, tem afinal um risco que não compensa a odd que lhe está associada. Há páginas na internet que lhe fazem a papinha (quase) toda, disponibilizando estatísticas e comparando as odds oferecidas pelas diferentes casas de apostas. O site www.meusresultados é um desses exemplos.

3. Não gaste nem mais um cêntimo

Estabeleça a quantia máxima que está disposto a arriscar e nunca, mas nunca, utilize dinheiro que lhe faz falta. Pense naquele gadget que está de olho há muito tempo, mas que, na verdade, se o comprar vai ver que não terá grande utilidade. É esse dinheiro que deve gastar, e não o que usaria para pagar o Imposto Único de Circulação.

4. Devagar se vai ao longe

Refreie o “lobo de Wall Street” que há em si. Não caia no erro de querer ganhar muito dinheiro rapidamente, pois é meio caminho andado para fazer demasiadas apostas e, consequentemente, perder mais vezes. Comece por aplicar valores muito baixos durante vários meses, para perceber como funciona este universo. Se achar que tem perfil para ser um jogador de mão cheia, avance, mas não faça muitas apostas em simultâneo e, de preferência, evite as apostas múltiplas (incluir vários jogos numa única aposta). É verdade que isso amplia a odd final, mas o risco de perda também aumenta significativamente. Um dos segredos para o sucesso é fazer poucas apostas, porque, ao ser mais criterioso na escolha, minimiza as probabilidades de perder.

5. Não corra atrás do prejuízo

Sempre que perder uma aposta, o melhor é não voltar a jogar durante algum tempo. A ânsia de querer recuperar depressa o dinheiro que perdeu vai tirar-lhe o discernimento e levá-lo a cometer erros evitáveis. É essencial disciplinar-se, e focar-se em reduzir ao máximo as apostas em que perde, se quer elevar a sua taxa de sucesso.

6. Aposte um pouquinho de cada vez

Resista à tentação de apostar quantias demasiado elevadas, face ao valor que tem na sua conta. Aconselhamo-lo a não ultrapassar os 5% do total em cada jogada, mas pode utilizar outros métodos para decidir que montante vai apostar. Se sentir o seu espírito de apostador inquieto, pense que, se perder uma aposta em que arriscou grande parte do valor da sua banca, vai demorar muito mais tempo para recuperar e estará mais propenso a tomar decisões erradas.

7. “Querido diário, hoje joguei e ganhei”

Fazer o registo das suas apostas pode ser um importante auxílio, sobretudo se apostar em diferentes desportos e fizer vários tipos de aposta. Por muito que confie na sua memória, ao fim de algum tempo, perderá a noção de onde ganha e perde dinheiro. Se tiver tudo registado, poderá aferir facilmente as modalidades e os tipos de jogos em que é mais eficaz, devendo especializar-se apenas nesses. Talvez não tenha pensado nisso, mas um ficheiro Excel pode tornar-se no seu maior confidente.

8. Em tempo real é que é

As chamadas apostas ao vivo permitem apostar no decorrer do jogo, o que lhe dá a possibilidade de beneficiar de odds mais elevadas. Vamos a um exemplo: o Benfica joga em casa e é claramente favorito, mas, aos 30 minutos, a partida ainda está empatada a zero. Nesse momento, a odd para a vitória da equipa da Luz vai ser certamente maior do que era antes do apito inicial. Logo, pode ser mais vantajoso fazer a aposta durante o jogo, sobretudo se estiver a acompanhá-lo e o Benfica estiver a jogar melhor, confirmando o seu favoritismo. Mas faça figas, porque só ganha se o Benfica também vencer o jogo!

9. Uma questão de odds

Se fizer uma incursão pelas diversas páginas de apostas na internet, vai encontrar odds distintas para o mesmo acontecimento em cada uma delas. Nalguns casos, as diferenças são bastante significativas. Uma boa estratégia é ter conta aberta em vários sites, para que possa comparar as odds, optando pelo que lhe oferecer o valor mais alto. A longo prazo, apostar nas melhores odds do mercado fará toda a diferença no dinheiro que poderá, eventualmente, amealhar.

10. Não persista no erro

Não vale a pena chorar sobre o leite derramado. Se vir que, em vez de ganhar, perde de forma sistemática, o melhor é dedicar-se a outra atividade. Se persistir no erro e continuar a tentar, mesmo quando a realidade lhe grita com todas as forças que não tem perfil para as apostas desportivas, o resultado mais provável vai ser uma carteira cada vez mais leve.

Para ser bem-sucedido nas apostas desportivas, o segredo é aceitar que não se podem ganhar todas.

Como funcionam as odds?

Uma odd é a cotação atribuída a um dado acontecimento, como a vitória de uma determinada equipa de futebol. Ela indica a quantia que poderá ganhar ao realizar a aposta, pois o montante que aplicar será multiplicado pelo seu valor. Além disso, representa também a probabilidade desse evento ocorrer. O valor desta cotação é fixado por especialistas das casas de apostas, com base em dados estatísticos, informações sobre as equipas, etc., e poderá variar ao longo do tempo, consoante o volume de apostas que vai sendo feito. Ou seja, se houver muita gente a apostar na vitória da equipa A, a sua cotação tende a baixar um pouco.

O que é fundamental reter é que o valor da odd é inversamente proporcional à probabilidade de vitória. Por isso, se apostar numa equipa que tenha uma odd baixa, terá maior probabilidade de faturar. Mas, o prémio será menor do que aquele que ganharia se tivesse optado por uma equipa com menos probabilidade de sair vitoriosa e, por esse motivo, com uma odd mais elevada.

TOP 3 – Apps de casas de apostas online na nova década

Com uma nova década a chegar, temos vindo a relembrar um pouco do que foi marcante nos últimos 10 anos. O universo das aplicações móveis evoluiu de forma estonteante e dentro dele também surgiram as apps de casas de apostas online. Há que considerar que falamos, claro, das de apostas legais em Portugal.

Assim, temos para lhe sugerir três aplicações onde poderá tentar a sua sorte.

3 Apps de Casas de Apostas online

2020 está a aí à porta e com ele a possibilidade de efetuar as suas apostas online de forma mais fácil, simples e intuitiva. Comece o ano em grande com as apps Betclic, Bet.pt e Betano, todas com licença em Portugal, permitindo aos seus clientes experiências únicas no mundo das apostas desportivas.

Como tal, fique a conhecer um pouco sobre estas 3 ferramentas indispensáveis, de acordo com a classificação das melhores casas de apostas legais da Sportytrader, site de referência.

Betclic

Comecemos com a Betclic, a primeira casa de apostas desportivas legal em solo nacional. Possui uma APP masterizada para possibilitar aos seus utilizadores condições de funcionamento de excelência.

Distingue-se pelos pagamentos rápidos e serviço livestream, sendo uma aplicação totalmente regulada! O seu aspeto em tons de vermelho e amarelo em fundo branco é moderno e límpido. Todos os menus correm de forma rápida e a sua utilização é extremamente intuitiva, visto que a informação contida em cada página é reduzida e focada no que é importante para o cliente Betclic realizar as suas apostas online em movimento.

A App Betclic tem um tamanho de 26 MB e foi atualizada no dia 2 de outubro de 2019.

Bet.pt

Passando para a App Bet.pt, de referir que a sua interface é muito simples e a navegação bastante intuitiva. Comparando com a Betclic, a sua velocidade de funcionamento é um pouco mais lenta. Porém, na Bet.pt o cliente tem sempre à sua disposição inúmeras promoções.

Na página inicial surgem diversos banners, através dos quais o utilizador Bet.pt pode conhecer as promoções disponíveis, bem como centenas de mercados relativos a vários desportos.

Além disso, na Bet os apostadores têm a ferramenta Cash Out disponível para minimizar as suas perdas e ainda transações muito fiáveis e rápidas. Assim, proporciona aos seus utilizadores uma experiência no mundo das apostas desportivas absolutamente segura. Trata-se, aliás, da segunda casa a obter licença no país, sendo mesmo uma marca nacional. A app Bet ocupa 33 MB.

Betano

A mais recente aplicação para as apostas desportivas, mas não menos interessante, foi desenvolvida pela Betano, uma operadora que surgiu em 2019 em terras lusas (licença 018).

A velocidade do seu funcionamento, o seu serviço livestream, as ofertas diferentes que possui e também as odds atrativas, são os seus pontos fortes.

A App Betano, que tem mais informação em cada página do que as duas anteriores, pode ser descarregada ao aceder ao seu site destacando-se também pelo aspeto vermelho, preto e branco, para grande clareza de toda a informação.

Realçamos ainda as ‘Missões’ (promoções do próprio sportsbook), as quais são pagas na totalidade e em saldo real, sendo uma grande trunfo para o apostador. Os pagamentos e levantamentos na Betano são processados de forma rápida, segura e eficaz. A app Betano tem um tamanho de 35 MB e é regularmente atualizada.

É importante referir que os jogos de apostas estão interditos a menores de 18 anos.

Este artigo tem mais de um ano e por isso a informação poderá estar desatualizada

Palpites UD Oliveirense x Vilafranquense em 23 de Fevereiro Portugal Segunda Liga

O nosso algoritmo selecionou esse palpite para UD Oliveirense x Vilafranquense:

🔮 Vilafranquense vence a partida
💰 Ao apostar o bônus de R$200 da 188bet no Vilafranquense, podemos ganhar até R$610.00 !

Alguns pontos importantes para o palpite em UD Oliveirense x Vilafranquense:

👉 Nas últimas 5 partidas como visitante, o Vilafranquense sofreu pelo menos 1 gol(s).

Quer mais opções de casas de apostas para dar seu palpite em UD Oliveirense x Vilafranquense?

Talvez você já tenha uma conta na 188bet, mas isso não é problema! Nós aqui do Clube da Aposta estamos desde 2010 na estrada e sabemos qual casa de apostas são confiáveis ou não. Dá uma olhada na nossa lista de melhores casas de apostas de 2021, é só clicar e apostar:

Análise de UD Oliveirense x Vilafranquense pela Portugal Segunda Liga – 23 de Fevereiro

🏟️ UD Oliveirense X Vilafranquense – Portugal Segunda Liga
📅 23 de Fevereiro de 2021 – 15:00
🔵 UD Oliveirense – Probabilidade de vitória: 42.17% Odds justas: 2.37
⚪ Empate – Probabilidade de empate: 23.30% Odds justas: 4.29
🔴 Vilafranquense – Probabilidade de vitória: 34.53% Odds justas: 2.9
⚖ Handicap 1×2: +0.5 UD Oliveirense
⚽ Gols esperados: 2.75 gols
⛳ Escanteios esperados: 9.50 escanteios

Um bom apostador não é aquele que tem uma alta taxa de acertos, mas sim aquele que aposta em eventos de valor esperado positivo. O nosso modelo sabe muito bem disso e buscou essas oportunidades para a partida entre UD Oliveirense x Vilafranquense.

Para isso, o algoritmo analisa as mais de 134638 partidas no banco de dados da Betfellows, nossa plataforma de prognósticos colaborativos, e busca os padrões para chegar às probabilidades de uma vitória do mandante, empate ou vitória do visitante. Essa foi a conclusão da nossa inteligência artificial:

Palpites para o mercado de probabilidades em UD Oliveirense x Vilafranquense

Apostar ou não no UD Oliveirense?

🔵 UD Oliveirense : o algoritmo acredita que as chances desse evento acontecer são de 42.17% e podemos ver que as odds médias oferecias pelos sites de apostas são de 2.27. Isso significa que se você realizasse 1000 apostas de R$1 como essa, você:

  • Acertaria 420 vezes – lucrando R$535.50 ;
  • E perderia outras 580 vezes – perdendo -R$580.00 com elas.

Então é uma aposta que não vale a pena. Afinal, ao fim dessas apostas, você teria amargado um prejuízo esperado de 💰 -R$44.50.

Será que você deve apostar no Empate?

Empate : a nossa inteligência artificial calculou que a probabilidade desse evento acontecer está em torno de 23.3% , enquanto isso as casas de apostas estão oferecendo odds médias de 3.00. Em outras palavras, isso significa que se você fizesse 1000 apostas de R$1 iguais a essa, você:

  • Teria acertado 230 vezes – tendo um lucro de R$460.00 ;
  • E perderia outras 770 vezes – perdendo -R$770.00 com elas.

Trata-se de uma aposta sem valor, pois após tudo isso, você teria um prejuízo esperado final de 💰 -R$310.00.

Vale a pena apostar no Vilafranquense?

🔴 Vilafranquense : o modelo previu que a probabilidade desse evento acontecer é de 34.53% e sabemos que as odds médias oferecidas pelas casas são de 3.05. Isso significa que se você realizasse 1000 apostas de R$1 como essa, você:

  • Teria acertado 350 vezes – tendo um lucro de R$717.50 ;
  • E perderia outras 650 vezes – perdendo -R$650.00 com elas.

Por isso que essa é uma aposta que vale a pena. No fim das contas, você teria tido um lucro final de 💰 R$67.50.

Análise dos handicaps para a partida UD Oliveirense x Vilafranquense

Uma outra abordagem é buscar encontrar o handicap justo para os principais mercados, e o nosso modelo de aprendizado de máquina também vai nos dar uma mãozinha com isso. Talvez você não faça nem idéia do que é isso. Se handicap para você é bicho de 7 cabeças, basta você clicar aqui em nosso artigo sobre handicap asiático nas apostas de futebol e vai encontrar um conteúdo completo que vai te ensinar hoje mesmo como ele funciona. Já clica no link agora para deixá-lo em outra aba e lê-lo depois.

Esses são os handicaps que o nosso algoritmo analisou para você:

⚖ Handicap 1×2: +0.5 UD Oliveirense
⚽ Gols esperados: 2.75 gols

Palpites para o mercado Handicap 1×2 em UD Oliveirense x Vilafranquense

⚖ Handicap 1×2: o nosso modelo acredita que a o handicap ideal é de +0.5 UD Oliveirense e o handicap disponível para se apostar nesse momento é de -0.25 UD Oliveirense.

Podemos ver que a diferença entre o handicap previsto pelo modelo e o disponível para se apostar na casa de apostas é de 0.75. Sendo assim, a aposta recomendada para o Handicap 1×2 é em: 0.25 Vilafranquense.

Palpites para o mercado Goals Handicap em UD Oliveirense x Vilafranquense

⚽ Goals Handicap: o nosso modelo acredita que a o handicap ideal é de 2.75 Gols e o handicap disponível para se apostar nesse momento é de 2.00 Gols.

Podemos ver que a diferença entre o handicap previsto pelo modelo e o disponível para se apostar na casa de apostas é de 0.75. Sendo assim, a aposta recomendada para o Goals Handicap é em: + 2.00 Gols.

Acompanhe os palpites do Clube também no Youtube

Lembre-se que o nosso time de apostadores também está lá no Youtube analisando diariamente as melhores apostas com vídeos completos dos melhores jogos do dia. Dá só uma olhada em nossas apostas para essa terça-feira ali acima e já aproveite para se inscrever em nosso canal de palpites.

Receba palpites diários na tela do seu celular

Além dos nossos palpites para UD Oliveirense x Vilafranquense gerados pelo nosso algoritmo, você pode também receber em seu celular as apostas realizadas pelos especialistas do Clube da Aposta nessa terça-feira. Clique no banner abaixo e venha fazer parte do nosso grupo exclusivo do Telegram hoje mesmo. E o melhor: É grátis!



Publicar comentário
Procurar


Para você
Artigos sobre o tema Blog
20-03-2021
€250 Bónus de Boas Vindas - Royal Blood Club Casino
€250 Bónus de Boas Vindas - Royal Blood Club Casino

Como participar Registe-se no Royal Blood Club Casino Use o seu método de pagamento preferido para fazer o seu primeiro depósito (€25 ou mais), Receba o seu bónus de boas-vindas de €250 até 110%...

06-03-2021
10 Melhores Sites Para Assistir Séries Coreanas Online
10 Melhores Sites Para Assistir Séries Coreanas Online

Séries Coreanas são uma espécie de dramatização da TV coreana da Coreia do Sul com espectadores e fãs ao redor do mundo todo...

04-03-2021
TV: Confira horários e como assistir ao GP de Portugal da MotoGP, última etapa da temporada 2020
TV: Confira horários e como assistir ao GP de Portugal da MotoGP, última etapa da temporada 2020

Neste fim de semana, a MotoGP encerra a temporada de 2020 com uma prova especial: após oito anos longe, o Mundial volta à Portugal para mais uma edição do GP no país ibérico...