X 22bet

Mercado das apostas

““Parabéns Portugal”, uma emissão única que juntará o Entretenimento e a Informação da estação, numa viagem imperdível pelo país, em busca de bons motivos para pôr os espectadores a sorrir. Nesse dia estaremos focados no melhor que o presente tem para nos oferecer e de olhos postos num futuro, que acreditamos todos, será uma oportunidade única para nos reinventarmos e reconectarmos, dando ainda mais valor ao que é nosso.

Por isso, ao longo do dia de sábado, e durante 9 horas de emissão, 30 caras da estação vão juntar-se aos portugueses para uma celebração memorável e para uma festa em vários palcos. A partir da TVI, em Queluz, mas também a partir de Lisboa, Porto, Ponte de Lima, Covilhã, Reguengos de Monsaraz e Tavira, sem esquecer os arquipélagos da Madeira e dos Açores.

Em estúdio, Cristina Ferreira, Maria Cerqueira Gomes, Pedro Teixeira, Ruben Rua, Maria Botelho Moniz, Cláudio Ramos, Iva Domingues e Nuno Eiró fazem a festa com grandes atuações musicais, muito humor, alegria e todos os ingredientes que não podem faltar numa festa de aniversário. Também os convidados especiais levarão até ao estúdio um pouco de Portugal, fazendo-se acompanhar de algo ou alguém relacionado com as suas origens.

A Norte do país, Rita Pereira leva-nos até à cidade do Porto, e Santiago Lagoá a Ponte de Lima. Manuel Luís Goucha, Alice Alves e Susana Pinto rumam a Sul, mais propriamente até Reguengos de Monsaraz, Estremoz e Tavira. A dupla Inês Gutierrez e João Montez assinalam a data a partir da Covilhã, enquanto Mónica Jardim estará em Lisboa.

Todos com a missão de descobrir e partilhar as histórias mais inspiradoras, lugares incríveis e dezenas de sugestões que revelam o muito que há por viver e descobrir no nosso país.

Neste dia especial, também a Informação da TVI vai percorrer Portugal. O “Jornal da Uma” vai ser apresentado em quatro cenários em simultâneo, pela 1º vez na televisão portuguesa, com quatro jornalistas em regiões diferentes: João Fernando Ramos estará na Covilhã; Sara Pinto em Tavira; Ana Sofia Cardoso em direto de Reguengos; e Lurdes Baeta estará em Ponte de Lima.

Já o “Jornal das 8” vai ser emitido em simultâneo no Porto, a partir do TheYeatman Hotel, com a apresentação de Pedro Mourinho, e em Lisboa, com José Alberto Carvalho, desde o icónico Cristo Rei.

Em dia de emissão especial, também a Informação vai contar com convidados musicais notáveis. O artista portuense Pedro Abrunhosa abre o “J8” e no final do noticiário, Mariza vai presentear o país com uma atuação emocionante.

Para Nuno Santos, Diretor Geral da TVI “A nossa estação tem um compromisso com Portugal e com os portugueses. Num tempo tão vertiginoso e incerto como o nosso, a TVI cumpre uma função social importante: liga as pessoas, informando com confiança e entretendo com emoção. A TVI sempre esteve na vida de Portugal, como uma televisão de proximidade. Assim será no futuro. Seja em que dispositivo for, a que horas for, em que formato nos quiser ver”.”

DICIONÁRIO DO APOSTADOR

DICIONÁRIO DO APOSTADOR

– Aposta Múltipla (Acumulada): Tipo de aposta que permite combinar várias apostas em uma só. O total de odds resulta da multiplicação das cotações de todas as apostas simples. Há também algumas derivações, chamadas de Duplas, Triplas, Trixie, Heinz, Yankee, Parlay, etc.

– All in: Termo derivado do poker, que significa colocar todo o seu bank em uma única aposta.

– Ao vivo (live): Para esse assunto temos uma lição em nossa Bet Academy:

– Arbitragem: Trata-se de, em um só evento esportivo, efetuar diversas apostas em resultados diferentes. Assim garante-se lucro independentemente do resultado. Exemplo: apostar em uma partida de futebol, na vitória do time A, no empate, e na vitória do time B. Para que isso seja possível, é necessário que haja um conjunto de fatores favoráveis, e que se utilize mais de uma casa de apostas.

– Asian Handicap: Para esse assunto temos uma Lição em nossa Bet Academy, confira:

– Back: Apostar que algo irá acontecer. É sinônimo de apostar à favor.

– Banca (Bank ou Bankroll): É a quantia que se dispõe em um site para se realizar apostas. Uma boa gestão do bankroll é um dos mais importantes aprendizados ao apostador, pois isso garante equilíbrio entre os ganhos e perdas, e aumenta o potencial de lucro a médio e longo prazo.

– Bookie (ou bookmaker): É a casa de apostas, que disponibilizam eventos para seus clientes apostarem. São empresas registradas, licenciadas, que pagam impostos e empregam milhares de pessoas ao redor do mundo.

– Bolsa de Apostas: seus maiores expoentes são a betfair e a betdaq. São plataformas que permitem que os apostadores apostem uns contra os outros. Com isso cria-se um mercado mais justo, pois as odds são mais competitivas, e porque a possibilidade de se realizar lucro antes do evento esportivo se encerrar aumenta as chances de êxito do apostador. Os sites que permitem o trade cobram uma comissão em cima das apostas vencedoras.

– Draw No Bet: Também conhecida como DNB, e uma aposta que em caso de empate, é devolvido o montante que foi apostado. É o mesmo que apostar no Asian Handicap (0).

– Dupla Possibilidade: Tipo de aposta que nos permite apostar em dois resultados possíveis. Um dos usos mais comuns é no futebol, onde aposta-se que um time irá ganhar ou empatar uma partida.

– EV (Expected Value): Fazendo uma tradução livre seria “valor esperado”. O lucro nas apostas só é possível se a sua capacidade de prever odds for melhor do que das casas, dessa forma poderá identificar que odds são justas e quais não são e, dessa forma, encontrar situações onde haja +EV.

– Freebet: Consiste em uma aposta na qual em caso de perda, o valor apostado é devolvido. É o termo genérico para uma Aposta sem risco.

– Gestão de Banca: Para esse assunto temos uma lição em nossa Bet Academy:

– GM (Ganhar Mais): a sigla GM nas apostas esportivas significa Ganhar Mais e faz alusão à vantagem de gols/pontos para uma das equipes. É o mesmo do Handicap, porém uma expressão usada especialmente no Norte e Nordeste do Brasil.

– Green: Como o nome indica é sair no verde (com lucro) em todas as opções de resultado. Para fazer um greenbook é preciso fazer no mínimo duas apostas, uma aposta a favor e outra aposta contra.

– Handicap: Nesse popular mercado de apostas, damos margens positivas ou negativas a uma equipe ou a um jogador. As quais no final serão somadas ou subtraídas ao resultado efetivo do mesmo.

– Handicap Asiático: Para esse assunto temos uma Lição em nossa Bet Academy, confira:

– HT (Half Time): Expressão usada para designar as apostas feitas para a primeira metade de um evento esportivo. São apostas mais comumente vistas no futebol, onde há diversas opções de apostas válidas somente para o primeiro tempo da partida.

– Lay: Significa apostar contra, isto é, apostar em algo que achamos que não irá acontecer. Aceitamos pagar determinado valor se acontecer aquilo que não pensamos. Só é possível em Casas de Aposta que efetuam trading.

– Live: Para esse assunto temos uma lição em nossa Bet Academy:

– Money Line: Também conhecido como ML, significa apostar na vitória. O termo tem origem nos esportes norte-americanos, mas no Brasil é usado para designar a aposta “seca” na vitória de uma equipe ou jogador.

– Martingale: Estratégia de aposta que consiste em apostar o dobro do valor, caso a aposta anterior tenha sido perdida. Esse método originário do Black Jack traz muito risco ao apostador, e só deve ser usado em situações muito específicas.

– Moneybookers: É um dos vários meio de pagamento disponíveis nas casas de apostas. É uma espécie de conta bancária virtual que nos permite movimentar os nossos fundos de forma mais rápida entre as várias casas de apostas, e entre pessoas físicas.

– Nap: É a melhor Aposta de um Tipster num determinado dia.

– Neteller: Para esse assunto temos uma lição em nossa Bet Academy:

– Odds (Quota): Também conhecido como cotação, odds dão as probabilidades oferecidas para determinado resultado. O valor apostado multiplicado pela odd, é igual ao retorno que você terá caso sua aposta seja vencedora.

– Over: Mais que. Significa que estamos apostando que acontecerão mais eventos que aqueles que estão colocados na linha oferecida pela casa de aposta.

– Picks (Prognóticos): São palpites ou para determinado jogo ou evento, com a devida explicação/embasamento por parte de quem a fornece.

– Punter ( Punting): É provavelmente a forma mais popular de se apostar. Punting consiste em apostar naquele que achamos ser o provável vencedor de um evento esportivo.

– ROI (Yeld): O Return of Investment (também conhecido como ROR ou Yeld), determina o ratio (proporção) entre os ganhos/perdas versus o investimento feito. Para calcular usa-se: Total de lucros – Total de perdas ÷ Total do investimento. Para se obter esse ratio em forma de porcentagem, basta multiplicar o valor encontrado por 100.

– Rollover: Esse termo aparece associado aos bônus oferecidos pelas casas de apostas. O rollover é um conjunto de requisitos que devemos cumprir para podermos sacar o bônus. Geralmente implicam em termos que apostar um determinado montante em uma odd mínima.

– Spread: São apostas onde é dada vantagem inicial a uma equipe/jogador. Assim ao resultado final é adicionada a vantagem ou diminuída a desvantagem.

– Stake: É o montante que o apostador arrisca quando faz uma Aposta.

– Surebet: É uma aposta onde há a certeza de que se irá ganhar.

– Teasers: São apostas sobre totais (over/under) ou spreads, comuns no basquete e no futebol americano. É como se fosse uma aposta múltipla “especial”, onde o apostador aceita uma odds um pouco mais baixa do que teria em uma múltipla “comum”, mas em contrapartida consegue ajustar o total de pontos ou handicap de acordo com seu interesse.

– Tips: São palpites sem fundamentação, somente uma opinião. É uma pick sem explicação. Quem fornece a tip é chamado de Tipster.

– Trading (Trade): Com o aparecimento das bolsas de apostas como a Betfair e a Betdaq, surgiu a possibilidade aos apostadores de apostarem contra, ao invés de apostarem a favor (como é oferecido pelas casas de apostas tradicionais). Trading consiste em garantir lucro independentemente do resultado final do evento. Para isso, precisamos conseguir apostar a favor, em uma cota superior do que a aposta contra. A forma mais popular de trading é no live, mas há quem prefira o trade antes do evento esportivo.

Confira a lição sobre Trading que preparamos para você na Bet Academy:

– Underdog (Dog): é o contrario de favorito. Em português costuma-se falar azarão ou zebra. O oposto de underdog é top dog.

– Unidade: é um valor fictício definido por casa apostador quando prefere não divulgar o valor real em dinheiro do que colocou em dinheiro. A unidade também é usada quando o apostador deseja dividir seu bank em partes iguais, e assim equilibrar melhor a gestão de suas apostas.

– Under: Menos que. Significa que estamos apostando que acontecerão menos eventos do que aqueles que estão colocados na linha oferecida pelo bookmaker.

Total de golos (Mais/Menos: X.5; X.25; X.75)

Total de golos (Mais/Menos: X.5; X.25; X.75)

Aposta: Mais 2.5 golos – Ganha a aposta se houver 3 ou mais golos. Perde a aposta se houver 2 ou menos golos.

Aposta: Menos 2.5 golos – Ganha a aposta se houver 2 ou menos golos. Perde a aposta se houver 3 ou mais golos.

  • Mais/Menos 0.25/0.75/1.25/1.75 golos - Aposta para o total de golos no tempo regulamentar.

Neste mercado com casas decimais.25 /.75 podem existir apostas vencedoras a metade (Half Won) ou perdedoras a metade (Half Lost), pois para vencer totalmente a aposta tem de existir no mínimo uma diferença de 0.5 do resultado apostado, se a diferença for de +0.25 para o resultado apostado será considerada vencedora a metade, se a diferença for de –0.25 para o resulltado apostado é considerada perdedora a metade.

Exemplos para apostas simples:

Aposta: Mais 2.25 golos – Para ganhar totalmente a aposta, deverá haver 3 ou mais golos. Se existirem apenas dois golos, a aposta será considerada metade perdida. N o exemplo foi apostado 5€, metade deste valor seria devolvido à conta de jogador.

Aposta: Menos 2.25 golos – Para ganhar totalmente a aposta, deverá haver 1 ou menos golos, caso haja 2 golos é considerada uma aposta vencedora a metade , a odd inicial dessa selecção passa para metade, neste exemplo a odd inicial era de 1.85 e passaria a 1.43. Caso haja mais de 2 golos a aposta é considerada perdedora.

Numa aposta múltipla que tem uma selecção metade perdida (Half Lost), os cálculos são os seguintes:

A selecção que for Half Lost a odd passa a 0.5 automaticamente, as restantes permanecem iguais. Depois é multiplicar as odds, para perfazer a odd total e multiplicar esta com o valor apostado (cálculos de exemplo abaixo).

Neste exemplo no jogo DC United – Sporting Kansas City a aposta foi +1.25 golos e o resultado final foi 1-0. Como aconteceu apenas 1 golo, a aposta é considerada perdedora a metade (Half Lost). A odd dessa selecção passa automaticamente para 0.5.

Odds: 0.5 X 1.31 X 1.50 = 0.99 Odd total

Valor apostado: 5€ x 0.99 = 4.95€ Total de ganhos

Apostas desportivas tiveram quebra de 80%, num ano em que se previa um crescimento

Apostas desportivas tiveram quebra de 80%, num ano em que se previa um crescimento

O mercado de apostas desportivas caiu 80%. No entanto, com a transferência de Bruno Fernandes para o Manchester United as apostas online aumentaram 14%, disse o diretor de marketing da Bet.pt.

Em Portugal, segundo uma estimativa da Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online, as perdas de receitas em apostas desportivas terão chegado a perto de 100% em abril

A pandemia de Covid-19 provocou uma quebra de “cerca de 80%” no mercado de apostas desportivas em Portugal, num ano em que se previa um crescimento, disse o diretor de marketing da casa de apostas online Bet.pt.

Em declarações à agência Lusa, Pedro Garcia admitiu que este era um cenário “algo inevitável” a partir do momento em que o mercado foi confrontado com a quase inexistência de eventos desportivos e notou que o setor se encontra, neste momento, em “recuperação gradual”, que se deve “maioritariamente ao regresso dos principais campeonatos europeus” de futebol.

“O mercado apresentou sinais positivos no início do ano, nomeadamente em janeiro e fevereiro, e prevíamos um ano de crescimento no setor. No entanto, com a pandemia, em meados de março, e a suspensão de praticamente todas as competições de desporto a nível mundial, até maio, acabámos por verificar uma quebra de cerca de 80% ao nível das apostas desportivas”, analisou o responsável da casa de apostas na internet.

A recuperação, sublinhou Pedro Garcia, “tem vindo a ser gradual” e teve início com o regresso do campeonato alemão.

Posteriormente, teve um novo ‘balão de oxigénio’ com o reatar da I Liga portuguesa “e outros campeonatos europeus”, embora Pedro Garcia faça questão de referir que “é importante que se perceba que não estamos a falar dos volumes de janeiro ou fevereiro, até porque continuam sem existir algumas competições”.

“A I Liga portuguesa é uma das competições que gera bastante interesse junto dos nossos jogadores. Sabemos que tem um grande impacto e importância e notámos automaticamente um aumento no volume de apostas [quando a competição foi retomada, em junho], principalmente porque regressou numa fase em que o título estava ainda indefinido entre FC Porto e Benfica”, explicou Pedro Garcia.

A representatividade do futebol no mercado de apostas desportivas, de resto, “acentuou-se nos últimos meses” em função da “redução significativa de eventos desportivos de outras modalidades”, que representam, normalmente, “20% do volume total” de apostas no mercado português.

Ténis, NBA (basquetebol) e hóquei no gelo são as modalidades apontadas pelo responsável de marketing da empresa como as mais procuradas pelos apostadores portugueses, além do futebol que é “sem dúvida a que desperta mais interesse”.

Ainda assim, o responsável apela ao regulador do mercado nacional, o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), sob a alçada do Turismo de Portugal, para a introdução de novos jogos como “e-sports, eventos virtuais, fantasy sports ou jogos de casino ao vivo” como forma de “alargar a oferta e combater operadores ilegais”.

“Estes operam à margem da lei, conseguindo oferecer preços mais competitivos e produtos que as empresas legais não podem oferecer. Não são tão rigorosamente controlados como os operadores licenciados em Portugal e, por isso, também não cumprem os requisitos de jogo responsável e proteção de menores”, apontou Pedro Garcia.

E o perigo da proliferação de operadores ilegais pode mesmo afetar o desporto nacional, cujo financiamento é garantido, em parte, pelas receitas proporcionadas ao Turismo de Portugal pelos jogos sociais e apostas desportivas online.

“Havendo uma quebra no setor das apostas desportivas, seja motivado por operadores ilegais ou outro motivo, é quase sinónimo de que exista também uma quebra na indústria do futebol no nosso país. Estamos a falar de patrocínios, receitas e muitas outras ações que ficam em causa”, detalhou Pedro Garcia.

Após a declaração de pandemia pela Organização Mundial de Saúde, em março, quase todas as competições desportivas a nível mundial foram adiadas ou mesmo canceladas pelas autoridades locais, provocando uma quebra significativa no mercado de apostas.

Em Portugal, segundo uma estimativa da Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online, as perdas de receitas em apostas desportivas terão chegado a perto de 100% em abril.

Após severas medidas de confinamento com o objetivo de controlar a propagação da pandemia, alguns países permitiram o regresso da atividade e competições desportivas a partir de maio.

Em Portugal, a I Liga de futebol foi retomada em 03 de junho, com a realização da 25.ª jornada, e concluída em 26 de julho, depois de consagrar o FC Porto como campeão nacional 2019/20.

Apostas no Manchester United aumentaram 14% em Portugal com Bruno Fernandes

Apostas no Manchester United aumentaram 14% em Portugal com Bruno Fernandes

As apostas desportivas online em Portugal relacionadas com jogos do Manchester United aumentaram 14% após a transferência do futebolista Bruno Fernandes do Sporting para o clube inglês, revelou o diretor de marketing da Bet.pt.

Pedro Garcia lembrou que, além da I Liga portuguesa, também os grandes campeonatos europeus “despertam muita atenção” dos apostadores nacionais e deu como exemplo “o aumento do volume de apostas no Manchester United depois de Bruno Fernandes ter assinado e começado a jogar”.

“O Manchester United já era um clube que despertava sempre bastante interesse junto dos nossos jogadores, mas com a chegada do Bruno Fernandes a atenção para os jogos dos ‘red devils’ aumentou ainda mais. Vimos um aumento de 14% do volume de apostas nos jogos da Premier League que os envolviam”, disse o diretor de marketing ao ser questionado sobre se era possível quantificar o aumento de interesse dos apostadores após a transferência.

O responsável referiu, ainda, que “outro exemplo” do aumento de interesse dos apostadores nacionais num clube ou competição é “a Série A [de Itália] e a Juventus de Cristiano Ronaldo”.

A referência ao aumento do volume de apostas em portugal em volta dos jogos do Manchester United após a transferência de Bruno Fernandes ocorreu durante uma conversa sobre o impacto da pandemia de Covid-19 no mercado das apostas desportivas, que sofreu uma quebra de “cerca de 80%” nos primeiros seis meses do ano.

O internacional português mudou-se de Alvalade para Old Trafford em janeiro, ajudando o Manchester United a terminar a Premier League em terceiro lugar e a qualificar-se para a Liga dos Campeões 2020/21, com oito golos em 14 jogos do campeonato.

O médio foi, ainda, o melhor marcador dos ‘leões’ na temporada que terminou no último fim de semana, apesar de ter saído com a época em curso, apontando 15 golos em 28 jogos disputados em todas as competições.

Apostas esportivas: como funciona esse mercado?

Apostas esportivas: como funciona esse mercado?

Segmento de apostas em esporte está em crescimento e abre a possibilidade de rendimentos extras para jogadores

As apostas esportivas são uma forma de testar o conhecimento em esportes, com a possibilidade de ganhar dinheiro em caso de sucesso nos palpites. Esse mercado vem crescendo ano após ano. Em entrevista ao blog Olhar Olímpico, Pedro Trenghouse, professor da FGV estimou que o volume de apostas esportivas realizado no Brasil em 2018 tenha sido de aproximadamente R$ 4 bilhões.

Pensando neste mercado bilionário, cada vez mais pessoas estão deixando de fazer apostas esportivas como entretenimento e se dedicando profissionalmente para viver da renda gerada com os palpites.

Porém, apesar de ser algo acessível, é preciso dedicação e estudo. Para entender como funciona este universo é necessário conhecer os conceitos básicos do jogo. Antes de mais nada, é importante se familiarizar com tudo ao seu redor para passar a investir dinheiro.

Um bom apostador precisa saber onde está colocando o seu dinheiro. Ele precisa estar sempre analisando tendências e estáticas de jogos para conseguir os melhores resultados. Além disso, o controle emocional e da banca (investimento) também são fundamentais para se tornar um apostador de sucesso.

A principal vantagem das apostas esportivas é que elas podem ser feitas de qualquer lugar, precisando apenas de um computador ou smartphone com acesso à internet. O jogador que decide onde irá investir o dinheiro. Se quiser, pode se especializar apenas em futebol, em um campeonato ou até mesmo em um mercado específico, como escanteios, por exemplo.

Após a escolha do esporte, é necessário escolher o tipo de aposta. O ideal é começar nas apostas simples. Nela o jogador escolhe entre vitória do time X ou Y, ou empate entre ambos. Se estiver apostando em partidas de futebol, por exemplo, o jogador lucra se acertar o resultado de sua escolha.

Há a possibilidade de combinar várias apostas em um só cupom. O jogador seleciona diferentes apostas formando uma aposta múltipla. Ele precisa acertar todos os resultados para ganhar. O grau de dificuldade é maior, consequentemente, a cotação que multiplica a aposta também.

Existem dezenas de outros mercados de apostas disponíveis. Uma delas é o handicap. Nesse mercado, quando existe uma grande disparidade técnica, somam-se gols/pontos para a equipe mais frágil ou diminuem da equipe mais forte, a fim de equilibrar a possibilidade. Em um suposto jogo entre Real Madrid e Levante, é possível apostar em handicap -1 para os Merengues. Para que o palpite seja ganhador, a equipe de Luka Modric precisaria vencer por dois gols de diferença.

Além do estudo analítico das partidas e mercados que pretende jogar, o apostador precisa utilizar uma casa de apostas de confiança. O BetMais é um site de apostas esportivas que oferece centenas de opções diárias de apostas e a segurança de ser um dos maiores sites de aposta esportiva do Brasil. Dessa forma, o jogador pode ficar confortável para navegar e colocar os palpites de sua escolha em um ambiente seguro e confiável.

Pandemia provocou quebra de 80% no mercado de apostas desportivas

A pandemia de provocou uma quebra de “cerca de 80%” no mercado de apostas desportivas em Portugal, num ano em que se previa um crescimento, disse o diretor de marketing da casa de apostas online Bet.pt.

Em declarações à Lusa, Pedro Garcia admitiu que este era um cenário “algo inevitável” a partir do momento em que o mercado foi confrontado com a quase inexistência de eventos desportivos e notou que o setor se encontra, neste momento, em “recuperação gradual”, que se deve “maioritariamente ao regresso dos principais campeonatos europeus” de futebol.

“O mercado apresentou sinais positivos no início do ano, nomeadamente em janeiro e fevereiro, e prevíamos um ano de crescimento no setor. No entanto, com a pandemia, em meados de março, e a suspensão de praticamente todas as competições de desporto a nível mundial, até maio, acabámos por verificar uma quebra de cerca de 80% ao nível das apostas desportivas”, analisou o responsável da casa de apostas na internet.

A recuperação, sublinhou Pedro Garcia, “tem vindo a ser gradual” e teve início com o regresso do campeonato alemão. Posteriormente, teve um novo “balão de oxigénio” com o reatar da I Liga portuguesa “e outros campeonatos europeus”, embora Pedro Garcia faça questão de referir que “é importante que se perceba que não estamos a falar dos volumes de janeiro ou fevereiro, até porque continuam sem existir algumas competições”.

Portugal “não foi escolhido por acaso” para final de futebol

“A I Liga portuguesa é uma das competições que gera bastante interesse junto dos nossos jogadores. Sabemos que tem um grande impacto e importância e notámos automaticamente um aumento no volume de apostas [quando a competição foi retomada, em junho], principalmente porque regressou numa fase em que o título estava ainda indefinido entre FC Porto e Benfica”, explicou Pedro Garcia.

A representatividade do futebol no mercado de apostas desportivas, de resto, “acentuou-se nos últimos meses” em função da “redução significativa de eventos desportivos de outras modalidades”, que representam, normalmente, “20% do volume total” de apostas no mercado português. Ténis, NBA (basquetebol) e hóquei no gelo são as modalidades mais procuradas, além do futebol que é “sem dúvida a que desperta mais interesse”.

Ainda assim, o responsável apela ao regulador do mercado nacional, o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), sob a alçada do Turismo de Portugal, para a introdução de novos jogos como “e-sports, eventos virtuais, fantasy sports ou jogos de casino ao vivo” como forma de “alargar a oferta e combater operadores ilegais”.

Estes operam à margem da lei, conseguindo oferecer preços mais competitivos e produtos que as empresas legais não podem oferecer. Não são tão rigorosamente controlados como os operadores licenciados em Portugal e, por isso, também não cumprem os requisitos de jogo responsável e proteção de menores”, apontou Pedro Garcia.

E o perigo da proliferação de operadores ilegais pode mesmo afetar o desporto nacional, cujo financiamento é garantido, em parte, pelas receitas proporcionadas ao Turismo de Portugal pelos jogos sociais e apostas desportivas online.

“Havendo uma quebra no setor das apostas desportivas, seja motivado por operadores ilegais ou outro motivo, é quase sinónimo de que exista também uma quebra na indústria do futebol no nosso país. Estamos a falar de patrocínios, receitas e muitas outras ações que ficam em causa”, detalhou Pedro Garcia.

Após a declaração de pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em março, quase todas as competições desportivas a nível mundial foram adiadas ou mesmo canceladas pelas autoridades locais, provocando uma quebra significativa no mercado de apostas. Em Portugal, segundo uma estimativa da Associação Portuguesa de Apostas e Jogos Online, as perdas de receitas em apostas desportivas terão chegado a perto de 100% em abril.

Após severas medidas de confinamento com o objetivo de controlar a propagação da pandemia, alguns países permitiram o regresso da atividade e competições desportivas a partir de maio. Em Portugal, a I Liga de futebol foi retomada a 3 de junho, com a realização da 25.ª jornada, e concluída em 26 de julho, depois de consagrar o FC Porto como campeão nacional 2019/20.

Tipos de apostas – Conheça os principais mercados

O brasileiro é um povo muito habituado a apostar, seja na Mega Sena, Quina, bingo, jogo do bicho ou em bolões. Apostar em futebol não chega a ser uma atividade incomum, mas costuma ocorrer de modo informal, em bolões entre amigos. Para aproveitar todas as oportunidades que os sites de apostas em futebol oferecem, é necessário um conhecimento que muitos brasileiros não possuem, que é avaliar os tipos de apostas.

Os sites de apostas esportivas, conhecidos no exterior como sportsbooks, são estabelecidos em países onde o jogo é legalizado, regularizado e fiscalizado. Eles passam sobre uma forte fiscalização para atuar no segmento. Por serem sites estrangeiros, muitos brasileiros encontram dificuldades para entender os tipos de apostas oferecidos, como “over e under”, ou “draw no bet”.

Se você encontra essa dificuldade ou simplesmente quer aprender mais sobre tipos de apostas e conhecer novas formas de lucrar, este artigo foi feito para você!

Tipos de apostas: 1×2

A aposta 1×2 é a primeira e a mais simples entre todas as oferecidas pelos sites de apostas. Ela consiste em apostar na vitória do time da casa (1), empate (x) ou na vitória do time visitante (2). Considerando que há três opções, há uma chance de 33% de acerto. Não é uma probabilidade das melhores, mas ela é uma aposta com bom valor.

As odds (cotas) para o time1 costumam ser menores, afinal, há sempre maior probabilidade do dono da casa vencer. No entanto, no caso do time da casa ser reconhecidamente mais fraco que o visitante, essa lógica pode se inverter.

A aposta 1×2 também é conhecida como “moneyline”. Então quando se fala “aposta na vitória do visitante moneyline”, refere-se a uma aposta 1×2 no time visitante.

1 ou x / 2 ou x

Há também uma opção de aposta 1×2 mais segura. Por exemplo, em uma partida Grêmio x Flamengo, o site disponibiliza as opções de aposta “Grêmio ou empate”, ou “Flamengo ou empate”.

As odds para esse tipo de aposta são obviamente mais baixas, mas consideramos que, se a aposta estiver pagando mais de 1.80, ela é válida.

Under ou Over

Um dos tipos de apostas mais populares. Já comentamos um pouco sobre over/under neste artigo, mas vamos aprofundar o assunto.

A aposta over/under consiste em adivinhar se a partida terá mais ou menos gols. As opções de números de gols pode variar. As opções mais comuns são over ou under 0,5 / 1,5 / 2.5 / 3,5 e etc.

Você deve ter reparado que todos os números oferecidos são quebrados. As opções são dadas dessa forma para que não haja formas ambíguas de interpretar a aposta. Por exemplo, se eu aposto que um jogo será under 2,5 gols, a partida pode ter no máximo 2 gols para que eu vença. Caso sejam marcados 3 gols, superará 2,5 e eu perco a aposta.

A lógica para a aposta over é a mesma. Apostando em over 2,5 gols, eu ganho a aposta se forem marcados no mínimo 3 gols.

Empate anula a aposta (Draw no Bet)

Como o próprio nome já fala, nesta mercado é possível apostar que determinada equipe irá vencer com a segurança de ter o dinheiro devolvido caso a partida termine em empate.

A maior vantagem da draw no bet (também conhecida apenas como DNB) em relação ao mercado “1/2 ou empate” são as odds mais altas. Afinal, o apostador só lucrará caso o time apostado vença.

Ambas Marcam (Both to score)

A aposta em ambas marcam é uma das mais populares entre os apostadores. Talvez seja devido sua simplicidade e as chances de 50% de acerto. Com esse mercado o apostador
aposta se os dois times do confronto farão ou não gols.

Nos sites de apostas você encontrará a aposta com duas opções: “sim” e “não”, seguidas por suas respectivas odds. Ou seja, basta clicar na opção desejada e finalizar a aposta.

Para a aposta ambas marcam, é muito importante avaliar o retrospecto dos times que disputam a partida. Uma boa opção é acessar o site Globoesporte para visualizar as últimas 10 partidas de cada equipe. Observe se elas costumam marcar ou sofrer muitos gols, e compare com a equipe adversária.

Handicap Asiático

O Handicap Asiático é um mercado de apostas muito interessante, mas um pouquinho mais complexo de ser compreendido com perfeição. Então ele merece um artigo exclusivo.
O site ApostasFC possui uma bela explicação sobre o Handicap Asiático que com certeza irá te ajudar. Estude e domine esses tipos de apostas para ter mais cartas na manga na hora de apostar.

Apostas inusitadas

Mas não para por aí. Há mais centenas de tipos de apostas diferentes disponíveis. Alguns deles até um pouco inusitados. Na Copa do Mundo, por exemplo, era possível apostar até em qual equipe não venceria nenhum jogo na competição (no caso, uma aposta na Arábia Saudita sairia vencedora).

Em sites estrangeiros também é possível apostar em briga de galos (onde esse tipo de disputa é legalizada), quem vencerá a eleição, qual filme ganhará o oscar, e até mesmo (acredite), em filmes pornô! Caso você tenha curiosidade de descobrir como isso funciona, acesse o site 1xBet.

Outra aposta sempre disponibilizada para futebol é em quem será campeão de uma determinada competição, mesmo que ela vá acabar apenas alguns meses depois. Por exemplo, em 2018 os times apontados como favoritos para vencer a libertadores na NetBet são: Palmeiras (odds 5.00), Boca Juniors (odds 7.50), Santos (odds 8.00) e Grêmio (odds 11.00).

Diversidade de Esportes

É claro que você pode apostar em outros esportes além do futebol, então procure apostar em esportes que você domine. Alguns muito populares entre brasileiros são o Futebol Americano, Basquete, Tênis e MMA.

E aí, preparado para começar a apostar? Antes de começar, analise o retrospecto das equipes, observe as odds para os mercados de apostas que listamos e encontre o que possui maior valor e probabilidade. A probabilidade de acertar e lucrar com certeza crescerá!



Publicar comentário
Procurar


Para você
Artigos sobre o tema Blog
16-03-2021
Preçário e Formas de Pagamento
Preçário e Formas de Pagamento

Nova tabela de taxas a cobrar pelos serviços prestados pelo Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira, conforme Portaria n...

27-02-2021
Meteorologia
Meteorologia

A nálise ao encontro: Os meus jogadores foram estóicos, mais uma vez...

27-03-2021
Mais de metade dos apostadores online jogam em sites ilegais
Mais de metade dos apostadores online jogam em sites ilegais

Mais de metade dos jogadores online de apostas desportivas e de jogos de fortuna e azar jogam em sites ilegais, revela um inquérito nacional, que aponta, no entanto, para um aumento dos que jogam apenas em operadores licenciados...