X 22bet

Www jogos placar

Capturas de ecrã

Descrição

Descrição

A App Jogos Santa Casa é a aplicação mobile oficial do Departamento de Jogos da SCML, que permite apostar no Euromilhões, no M1lhão, no Totoloto, na Raspadinha, na Lotaria e consultar chaves e resultados dos Jogos Sociais.
A App Jogos Santa Casa disponibiliza funcionalidades exclusivas e acesso a informação informativa e promocional, através do sistema de notificações via push.

Novidades

Novidades

Melhorias de estabilidade e desempenho.
Obrigada por utilizar a App Jogos Santa Casa.

Classificações e críticas

Classificações e críticas

E-mail de Confirmação

Após a aposta deveriam enviar um e-mail de confirmação ao cliente.

Ainda com muito para fazer

App é excelente para se poder jogar em qualquer lado, mas tem algumas coisas que gostava de sugerir para futuras alterações. Local para ir verificar os prémios? Ou seja, vocês têm um local para isso, mas não é funcional, ou seja o utilizador tem que saber de memória os números que jogou para saber se ganhou ou não e ou saber quanto ganhou. Não é justo, não é claro e não é nada intuitivo para grande parte dos jogadores. Deveria haver uma aba com as datas onde se jogou onde se clicava em cada semana/ dia e se sabia os números que acertou e por consequência o prémio que recebeu. Acho que seria mais claro e mais intuitivo para todos. Um histórico de jogadas também dava jeito. Até para a pessoa poder ter uma noção do que joga ou do que já gastou. Boa sorte para o programador e boa sorte para todos os jogadores

Lenta

Validação de localização quando se entra na aplicação e depois novamente quando se procede à autenticação, não faz sentido.
Deveria existir apenas numa das ações - entrada ou autenticação.

Privacidade da app

O programador, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa , indicou que as práticas de privacidade da app podem incluir tratamento de dados conforme descrito em seguida. Para obter mais informações, consulte a política de privacidade do programador.

Dados associados a si

Os seguintes dados podem ser recolhidos e associados à sua identidade:

Dados não associados a si

Os seguintes dados podem ser recolhidos, mas não são associados à sua identidade:

As práticas de privacidade podem variar, por exemplo, consoante as funcionalidades utilizadas ou a idade do utilizador. Saiba mais

The California Missions : History, Art, and Preservation

"No other single work offers a comparable wealth of information about the missions of California, all of which is superbly organized and clearly presented. This authoritative yet accessible volume offers readers a compelling and balanced account of the founding and early history of the missions, the birth and growth of the mission myth, and modern preservation efforts, as well as concise historical profiles of individual missions. A noteworthy achievement."

Rose Marie Beebe, Santa Clara University, Coauthor of Lands of Promise and Despair: Chronicles of Early California and Testimonios: Early California through the Eyes of Women

"The California missions endure on the landscape as wondrous monuments, inviting us to stand and ponder what happened there. Long subjected to one-dimensional, celebratory accounts, the missions in recent decades have benefited from more thoughtful analysis, and in this splendid book they receive the eloquent, multilayered chronicle they deserve."

Douglas Monroy, Colorado College, Author of Thrown Among Strangers: The Making of Mexican Culture in Frontier California and The Borders Within: Encounters Between Mexico and the U.S.

Illustrated in color throughout, The California Missions: History, Art, and Preservation combines engaging text with historical paintings, archival photographs, and recent photography to create a vivid profile of these iconic institutions. Initial chapters recount their founding and early history, examine their rediscovery in the late nineteenth century, and trace the beginnings of the mission restoration movement. Subsequent chapters present mission architecture and wall murals, survey the rich holdings of European and Native American art in mission collections, and examine the challenges involved in preserving the mission heritage for future generations. The second part of the book provides concise historical profiles of each of the twenty-one missions. There is also a glossary.

Veja os palpites para os jogos da 37ª rodada do Brasileirão 2020

É hora de focarmos na rodada 37 do Brasileirão, que terá dez jogos entre sábado (20) e segunda-feira (22).

Antes dos palpites, no entanto, vamos para o melhor e o pior da última rodada.

Pixotada da rodada passada: Palmeiras x Fortaleza - Palpite: Fortaleza. Após o desempenho decepcionante no Mundial, a tendência é que o Palmeiras administre o elenco. Mais focado no Brasileirão e empolgado após duas vitórias seguidas, acredito que o Fortaleza irá surpreender fora de casa. Olho no atacante David. Placar: 0 x 1.

As cravadas da última rodada: Santos x Coritiba - Palpite: Santos. O Coxa não deve ter força para enfrentar o Santos, que ainda briga por uma vaga na Libertadores, joga em casa e deve ter o retorno de Marinho. Placar: 2 x 0.

Sport x Red Bull Bragantino - Palpite: Empate. Vejo uma possibilidade -mais arriscada, eu sei- da defesa do Sport conseguir segurar o ímpeto do time visitante e o jogo terminar empatado e sem gols. Vai ser a minha aposta mais ousada da rodada. Placar: 0 x 0.

Mas quem vai se dar bem nessa rodada 37, a penúltima do campeoanto? Veja abaixo os palpites para todas as partidas!

Sábado, 18h30
Coritiba x Ceará - Palpite: Ceará
Um clima de férias já parece tomar contas dos dois times. Não é toa que alguns jogadores, como o goleiro Wilson e o meia Fernando Sobral, já foram liberados para o recesso. Porém, o Ceará ainda precisa confirmar matematicamente a vaga na Sul-Americana e é o favorito contra o rebaixado Coritiba. Olho no meia Vina. Placar: 1 x 2

Sábado, 21h
Fortaleza x Bahia - Palpite: Fortaleza
Um confronto direto entre duas equipes que brigam para fugir do rebaixamento e hoje estão em 15º e 16º lugar na classificação. Aposto que será um jogo nervoso, com muitas faltas e pouca técnica, mas que no final os mandantes, que venceram dois dos últimos três jogos, irão triunfar. Destaque para o atacante David. Placar: 1 x 0

Domingo, 16h
Flamengo x Internacional - Palpite: Flamengo
O principal jogo da rodada, o confronto entre o líder e o segundo colocado será fundamental para decidir quem será o campeão brasileiro. Apesar do óbvio equilíbrio do confronto, ainda acredito que o Flamengo tem mais chances de vencer por ter uma qualidade ofensiva maior. Olho em Gabigol e Arrascaeta. Placar: 2 x 1

Domingo, 16h
Corinthians x Vasco - Palpite: Corinthians
Ainda na briga para uma vaga na primeira fase da Libertadores, o Corinthians é o favorito contra o Vasco, que está desesperado na zona de rebaixamento. Além de um retrospecto imensamente favorável no histórico do confronto, o time paulista é mais organizado, tem um elenco em um melhor momento e joga em casa. Destaco Fagner, Léo Natel e Gustavo Mosquito. Placar: 2 x 0

Domingo, 16h
Sport x Atlético-MG - Palpite: Empate
O Sport precisa de apenas um empate para se garantir na Série A de 2021. Para isso, o time tem um bom sistema defensivo, que parou o Bragantino na última rodada e o próprio Galo no primeiro turno. Acredito que o time mineiro irá pressionar, mas sem a qualidade necessária, e o placar novamente ficará zerado. Olho no goleiro Luan Polli, que já se destacou no primeiro turno na partida entre essas mesmas equipes. Placar: 0 x 0

Domingo, 18h15
Santos x Fluminense - Palpite: Santos
Já garantido na primeira fase da próxima Libertadores, o Fluminense quer aproveitar a boa fase e a sequência invicto para garantir uma vaga direta na fase de grupos. Porém, do outro lado o Santos também está de olho na participação no torneio continental e é o favorito jogando em casa, principalmente se Marinho e Soteldo jogarem. Tem tudo para ser um bom jogo. Placar: 2 x 1

Domingo, 18h15
Grêmio x Athletico-PR - Palpite: Grêmio
Para não depender do título da Copa do Brasil para chegar na próxima Libertadores, o Grêmio pode garantir a vaga nesse domingo se vencer um adversário direto. Acredito na melhor qualidade do elenco gaúcho, com Jean Pyerre, Alisson e Diego Souza. Por isso aposto no Grêmio. Mas não será um jogo fácil. Placar: 1 x 0

Domingo, 20h30
Goiás x Red Bull Bragantino - Palpite: Empate
O jogo mais difícil de apostar na rodada, até mais do que Flamengo x Inter. O problema é que tudo depende do jogo do Santos, às 18h15. Se a equipe santista vencer, o Bragantino não terá mais chance de chegar na Libertadores, já estará garantido na Sul-Americana e fará um amistoso contra um desesperado Goiás, que ainda sonha em ficar na Série A. Já se o Santos perder ou empatar, o Bragantino vira favorito para o jogo em Goiânia, pois segue com objetivo no campeonato, e Claudinho pode se destacar. Diante de tantas incógnitas, do confronto de um desesperado contra um time que tem mais qualidade, mas não sabemos se terá objetivo ou não, fico com o empate. Placar: 1 x 1

Segunda-feira, 18h
Palmeiras x Atlético-GO - Palpite: Palmeiras

Com muitos confrontos em sequência e o foco na decisão da Copa do Brasil, que ocorrerá após o fim do Brasileirão, a escalação do Palmeiras é uma incógnita. Porém, na minha opinião a qualidade do elenco palmeirense é tão superior ao adversário que, mesmo jogando com os reservas, segue sendo o favorito e deve vencer. Porém, é impossível apostar em um ou outro jogador específico. Placar: 2 x 0.

Segunda-feira, 20h
Botafogo x São Paulo - Palpite: São Paulo
Para encerrar a penúltima rodada do campeonato, o São Paulo é favorito contra o já rebaixado Botafogo, que não tem a aspiração nem de abandonar a lanterna da competição e jogará com muitos garotos em campo. Destaco Reinaldo e Luciano e aposto em uma vitória tranquila do time paulista. Placar: 1 x 3.

Zico no banco? Placar elege seleção brasileira de todos os tempos; cinco ex-Fla estão nos titulares

DEIXE UMA RESPOSTA Cancelar resposta

MRN Informação Leandro Chagas A edição de fevereiro da Revista Placar, trouxe à tona uma discussão que volta e meia movimenta as mesas redondas de futebol espalhadas pelo Brasil: qual seria a seleção brasileira de todos os tempos?

Com o voto de 170 repórteres, comentaristas e narradores do país, foi escolhido o time titular, e de quebra, foram montadas mais duas equipes alternativas com os segundos e terceiros mais votados por posição.

O critério para a montagem dos times foi simples: os jogadores mais votados de cada posição, em um esquema de jogo escolhido, o 4-3-3.

Maior ídolo da história do Flamengo, Zico ficou no time de “reservas”. No entanto, cinco figuras representaram o Rubro-Negro entre os titulares: Carlos Alberto Torres, Aldair, Romário e Garrincha, com o “Velho Lobo” Zagallo de técnico.

Sim, muita gente não lembra (ou não sabe), mas o “Anjo das Pernas Tortas”, que é ídolo do Botafogo, também vestiu a camisa vermelha e preta. Foram apenas 19 jogos, sendo 14 amistosos, e quatro gols marcados. A curta passagem terminou com uma atuação de apenas 11 minutos na vitória por 1 a 0 sobre o Campo Grande, na Gávea, no dia 12 de abril de 1969.

19 jogos e 4 gols: a passagem curta e apagada de Garrincha pelo Flamengo

Entre os 11 titulares, o jogador mais votado foi Pelé, como já era esperado, sendo seguido pelo próprio Garrincha e Ronaldo Fenômeno.

Veja a Seleção de todos os tempos da Placar:

Taffarel (85 votos); Carlos Alberto (104), Aldair (88), Bellini (72) e Nilton Santos (99); Falcão (80), Didi (84) e Pelé (165); Garrincha (132), Ronaldo (130) e Romário (97). O técnico foi Zagallo, com 94 menções.

Taffarel, Carlos Alberto, Aldair, Bellini e Nilton Santos; Didi, Falcão e Pelé; Garrincha, Ronaldo e Romário. Téc: Zagallo

A votação da seleção brasileira de todos os tempos formou um timaço. Garanta a nova edição de PLACAR, já nas bancas, e confira os perfis de todos os craques pic.twitter/WKqOpekuWm

Segundo time:

No banco de reservas, além de Zico, os representantes rubro-negros são: Domingos da Guia, Gérson “Canhotinha de Ouro”, Ronaldinho Gaúcho e Sócrates. Veja a votação completa:

Gylmar (65 votos); Cafu (29), Mauro (53), Domingos da Guia (31) e Roberto Carlos (53); Gérson (59), Zico (74) e Rivaldo (17); Ronaldinho Gaúcho (29), Sócrates (19) e Rivellino (56). Telê Santana foi o segundo treinador mais votado (54).

Time “reserva” da seleção brasileira de todos os tempos – Foto: Reprodução / Placar

Terceiro time:

Na equipe três, mais quatro representantes: Luís Pereira, Junior, Zizinho e Leônidas da Silva. Confira a escalação completa: Dida (7 votos); Djalma Santos (23), Oscar (20), Luís Pereira (24) e Junior (19); Clodoaldo (11), Dunga (7) e Zito (15); Zizinho (7), Tostão (13) e Leônidas da Silva (6). Carlos Alberto Parreira (8 votos) seria o técnico.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Chelsea sai atrás do placar mas busca o empate no segundo tempo com o Southampton

Pela vigésima quinta rodada da Premier League o Chelsea visitou a equipe do Southampton que vinha de seis derrotas seguidas e ficou apenas no empate por 1-1, desperdiçando a oportunidade de colar no segundo e terceiro colocado e ainda podendo sair do Top 4 da competição.

O JOGO

O início de partida do Chelsea contra os Saints foi bastante animador. Com o controle das ações, os Blues ocupavam bem o campo ofensivo, mas faltava acertar o último passe. Na primeira grande boa chegada, Reece James acionou Marcos Alonso invadindo a área pela esquerda mas o lateral espanhol finalizou de primeira pra fora.

O Chelsea não corria grandes riscos na partida, mas em contra partida pecava no último passe e não conseguia criar chances reais nem acertar uma finalização.

Em uma das poucas chegadas ofensivas e de velocidade, Redmond acionou Minanino entre os zagueiros do Chelsea e o japonês não desperdiçou, deixando Azpilicueta no chão antes de finalizar tirando de Mendy e abrir o placar no St Mary’s.

Takumi Minamino abriu o placar pro Southampton no primeiro tempo (Foto by NEIL HALL/POOL/AFP via Getty Images)

Em uma das poucas jogadas de maior perigo do Chelsea, em cruzamento da esquerda, Kurt Zouma chegou cabeceando na segunda trave e McCarty fez uma grande defesa, mandando a bola pra escanteio.

Pra segunda etapa Thomas Tuchel voltou com Callum Hudson-Odoi no lugar de Tammy Abraham que não fez uma boa primeira etapa, na tentativa de dar mais velocidade e criatividade para a equipe.

Na primeira boa escapada pela esquerda, Alonso acionou Timo Werner na ponta mas o atacante bem marcado finalizou pra fora, perdendo uma boa oportunidade de empatar a partida. Buscando uma pressão em busca do empate, em jogada pela direita, Hudson-Odoi encontrou Mount na área e Danny Ings cometeu a penalidade rapidamente assinalada pelo árbitro. Na cobrança, Mount deslocou o goleiro McCarty e empatou a partida.

De pênalti, Mason Mount empatou a partida no St Mary’s Stadium (Foto by NEIL HALL/POOL/AFP via Getty Images)

Após chegar ao gol de empate, o Chelsea deixou novamente o ritmo cair, encontrando grandes dificuldades de progredir em campo, com muitos erros de passes e sofrendo com chegadas perigosas do Southampton. Em jogada ofensiva dos Saints, Verstergaard de cabeça acertou o travessão e no rebote Ings finalizou pra fora. Como resposta, o Chelsea chegou forte no ataque, Mount arriscou de longe e obrigou McCarty a fazer uma grande defesa.

De maneira surpreendente e estranha, Thomas Tuchel realizou suas duas últimas alterações, tirando Callum Hudson-Odoi após trinta minutos em campo e Mateo Kovacic, mandando a campo Hakim Ziyech e Jorginho.

Sem conseguir pressionar de fato, o Chelsea não conseguiu crescer em busca da virada na partida e saiu do St Mary’s apenas com o empate com o Southampton.

Com o resultado os Blues chegam aos 43 pontos em 25 partidas e desperdiçam a chance de encostar em Leicester City e Manchester United que ainda jogam na rodada. A próxima partida da equipe será pela UEFA Champions League contra o Atlético de Madrid.

FICHA DA PARTIDA

CHELSEA: Mendy, Azpilicueta, Rüdiger, Zouma, James, Kanté, Kovacic, Alonso, Mount, Abraham e Werner;

Subs: Kepa, Christensen, Emerson, Gilmour, Chilwell, Jorginho, Hudson-Odoi, Ziyech, Giroud.

SOUTHAMPTON: McCarthy; Djenepo, Bednarek, Vestergaard, Salisu, Bertrand; Romeu, Ward-Prowse, Minamino; Redmond, Ings;

Subs: Adams, Stephens, Forster, Chauke, Jankewitz, Ramsay, N’Lundulu, Tella, Ferry.



Publicar comentário
Procurar


Para você
Artigos sobre o tema Blog
04-04-2021
Apostas: Tips Australian Open
Apostas: Tips Australian Open

Finda a primeira ronda dos quadros singulares, amanhã começam a ser jogados não só os embates relativos à segunda ronda, mas também os primeiros encontros de pares desta edição do Australian Open...

02-03-2021
Mobiliário: as múltiplas expressões da madeira
Mobiliário: as múltiplas expressões da madeira

A madeira é um material nobre, um recurso natural que os seres humanos têm utilizado desde os primórdios da História...

13-04-2021
Top 5 programas para assistir filmes online
Top 5 programas para assistir filmes online

Hoje em dia, existem vários programas que permitem assistir filmes e séries de TV online a partir do computador, sem que seja necessário que você acesse sites duvidosos e repletos de anúncios...